Revista prevê seis ouros para o Brasil

201607141325150601.jpgRIO ? Se o banco de investimentos Goldman Sachs aposta num recorde de medalhas brasileiras nesta edição dos Jogos Olímpicos, as previsões da revista americana ?Sports Illustrated? apontam uma performance mais modesta do país anfitrião no número de medalhas, mas com mais chances de conquistar o ouro.

Unimed

Enquanto o Goldman Sachs aposta numa performance que deixaria o Brasil na 16ª colocação na classificação geral, com 22 medalhas, sendo 5 de ouro, a projeção da publicação ? que conta com uma análise detalhada de cada um dos 306 eventos dos jogos ? prevê que a delegação brasileira terminará com 20 medalhas, 6 delas de ouro. Aplicada às projeções do Goldman Sachs, o desempenho previsto pela ?Sports Illustrated? colocaria o Brasil algumas posições acima na tabela, na 13ª posição.

A revista prevê ouros em canoagem, iatismo e vôlei masculino, além de duas medalhas no vôlei de praia e da tão sonhada conquista olímpica no futebol. Entre as modalidades apontadas como possíveis medalhas de prata estão o tiro, com Felipe Wu; o judô com Mayra Aguiar, e a ginástica olímpica com Arthur Zanetti.

Segundo a ?Sports Illsutrated?, o Brasil deve conquistar ainda 11 medalhas de ouro: três delas no judô, outras três em provas de natação, além de boxe, futebol feminino, vôlei feminino, vôlei de praia feminino e luta olímpica.

Unimed

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação