Renda de leilão será revertida para entidades de proteção animal

odo o recurso angariado será destinado à compra de ração para entidades de proteção animal

Com o objetivo de ajudar a área de proteção animal, também prejudicada pela pandemia da Covid-19, o Governo do Estado e entidades vão realizar em 23 de maio, a partir das 19 horas, o Leilão Pró-animal. Todo o recurso angariado será destinado à compra de ração para entidades de proteção animal. Os interessados em participar que quiserem olhar os itens leiloados, podem entrar no site.

Quando usar máscara de pano

A iniciativa é da Frente das Organizações da Proteção Animal no Paraná (Fopar), com o apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, do Conselho Estadual de Direitos Animais (Ceda), da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, da Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná (Apap/PR) e de Helcio Kronberg Leilões.

As entidades estão impossibilitadas de promover os eventos para arrecadar recursos como bingos, pizzas e bazares e aqueles de incentivo à adoção, geralmente ações específicas semanais ou mensais. Por isso, muitas instituições de proteção animal não estão conseguindo fazer o básico, que é alimentar os animais que estão sob sua tutela.

BENEFICIADAS – As entidades de proteção animal que desejam ser beneficiadas com o leilão também devem se cadastrar, preenchendo o formulário disponível. O cadastro segue até 15 de maio.

Na página do leilão será disponibilizada a relação de entidades beneficiadas, com uma breve descrição da atuação de cada uma.

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

dezesseis + 7 =