De 04 a 07 de setembro o litoral paranaense sedia a 1ª edição do JAPS Master. As competições serão em cinco modalidades coletivas (basquetebol, futsal, futebol, handebol e voleibol), com sedes em Matinhos, Paranaguá, Pontal do Paraná e Guaratuba. O futebol acontece paralelamente em 12 regionais, dentro do programa Paraná Bom de Bola.

Os Jogos Abertos Master são mais uma inovação do Governo do Estado com o objetivo de fortalecer a prática esportiva no eixo competitivo na faixa etária entre 40 e 60 anos, além de promover o esporte como meio de sociabilização e prevenção a doenças. As prefeituras do Litoral apoiam os eventos.

No total serão 15 equipes femininas e 18 masculinas de todo o Paraná. Já no primeiro dia de evento, no sábado, 15 equipes entram em ação nas quatro modalidades e seguem disputas em busca das finais que acontecem no dia 07 de setembro.

Mulheres acima de 40 anos e homens acima de 45 anos participam nas modalidades basquete, futsal e vôlei. Já no handebol, a disputa é para mulheres com mais de 45 anos e homens com mais de 50 anos.

LOCAIS – No basquete, todas as partidas acontecerão na Arena Vicente Gurski, em Matinhos, a partir das 14h de sábado. As disputas do futsal serão na Arena Albertina Salmon, em Paranaguá, com início às 14h deste sábado. No mesmo horário, o handebol acontece em Pontal do Paraná, no Ginásio da Associação Banestado, enquanto o voleibol será disputado no Ginásio José Richa, em Guaratuba.

IMPORTÂNCIA – O superintendente geral do Esporte, Helio Wirbiski, destaca que a retomada do esporte está sendo feita após muito estudo. “Dentro do cenário da pandemia, tivemos que rever muitas situações para que nosso segmento retornasse de uma maneira segura. Os JAPS Master são uma competição muito especial, e estamos felizes que ele seja realizado no Litoral, pois desta forma movimentamos a economia local que também foi muito prejudicada em todo esse período”, afirmou.

Ele ainda ressaltou que outros eventos esportivos estão programados para a região. “Em breve teremos o Pedala Paraná e os Jogos dos Idosos, além, é claro, do Verão em 2022. O esporte será o indutor do turismo em todo Estado”, disse.

Para o diretor de esporte da Superintendência Geral do Esporte, Cristiano Barros Del Rey, o JAPS Master são uma oportunidade de ofertar aos atletas a continuidade de suas carreiras. “O poder publico está atendendo uma demanda atual do movimento esportivo, que é a competição Master. Este ano teremos cinco modalidades, mas já estamos estudando o aumento deste número para 2022. Assim, muitos atletas desta categoria podem ampliar sua carreira esportiva, mesmo já não atuando em alto rendimento”, arrematou.