Parlamentares pedem que devolução da Ecocataratas seja para Trevo Cataratas

A Ecocataratas já tem o projeto pronto, mas se recusa a entregá-lo ao governo porque não foi autorizada a fazer o investimento, que teria de ser custeado pelos cofres públicos

Cascavel – Os deputados estaduais que representam o oeste protocolaram documento nessa quarta-feira (14) solicitando que os R$ 150 milhões que serão aplicados em obras no sistema rodoviário conforme acordo de leniência entre o Ministério Público Federal e as concessionárias Ecocataratas e Ecovias seja usado para a construção de uma nova infraestrutura no Trevo Cataratas, em Cascavel.

No documento encaminhado aos secretários de Planejamento e Projetos Estruturantes e de Infraestrutura e Logística, Valdemar Bernardo Jorge, e Sandro Alex, respectivamente, os deputados Marcel Micheletto, Marcio Pacheco, Coronel Lee e Elio Rusch afirmam que o local é um dos mais importantes entroncamentos rodoviários do Sul do País, considerado o portal de entrada para o Mercosul.

A Ecocataratas já tem o projeto pronto, mas se recusa a entregá-lo ao governo porque não foi autorizada a fazer o investimento, que teria de ser custeado pelos cofres públicos.

Entidades de classe da região oeste já informaram ao governo que bancam o projeto se o Estado assumir o investimento.

Na semana passada, em Toledo, o secretário Sandro Alex disse que o governo pretendia pedir a inclusão dessa obra caso a Ecocataratas fechasse o acordo de leniência.

 

 

 

 



Fale com a Redação

dezessete − 2 =