A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Paraná divulgou nesta quinta-feira (2) a lista dos 130 candidatos aprovados e convocados no concurso público do Instituto Água e Terra (IAT). O processo seletivo contou com mais de 12 mil pessoas inscritas.

Agora, os candidatos convocados devem apresentar a documentação necessária para assegurar a vaga.

Conforme edital, as contratações serão feitas entre 20 de dezembro e 20 de janeiro de 2022 para 13 funções diferentes dentro do instituto. Veja, abaixo, a lista detalhada das vagas.

A remuneração dos novos profissionais variam de R$ 1.554,33 a R$ 3.730,42, além das bonificações.

Prova adiada

 

Depois de mais de 30 anos sem concurso público para o órgão ambiental do estado e com a defasagem no quadro de funcionários, o IAT realizou as provas do processo seletivo em 1º de agosto deste ano.

Inicialmente previsto para março de 2020, o exame precisou ser adiado e foi prorrogado por conta da pandemia do novo coronavírus.

Os candidatos realizaram as provas em Curitiba, Cascavel, no oeste do Paraná, e Maringá, no norte do estado. De acordo com o IAT, eles concorreram às seguintes vagas:

  • Técnico de manejo e meio ambiente (26)
  • Engenheiro químico (19)
  • Engenheiro florestal (16)
  • Engenheiro agrônomo (20)
  • Geólogo (8)
  • Biólogo (8)
  • Químico (5)
  • Engenheiro civil (17)
  • Sociólogo (1)
  • Geógrafo (3)
  • Engenheiro cartográfico (4)
  • Arquiteto (2)
  • Médico veterinário (1).

 

IAT

 

O Instituto Água e Terra é o antigo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). O órgão incorporou os extintos Instituto de Terras, Cartografia e Geologia e o Instituto das Águas do Paraná.

Segundo a secretaria, o IAT atua para proteger, preservar, conservar, controlar e recuperar o patrimônio ambiental do Paraná, para buscar melhor qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável com a participação da população.

O instituto conta com atividades que estão divididas em cinco diretorias: licenciamento e outorga; patrimônio natural; saneamento ambiental e recursos hídricos; gestão territorial, e administrativa e financeira.