Quem?

Em tempos de Floyd Mayweather e Khabib Nurmagomedov, o “desconhecido” lutador mexicano Saúl “Canelo” Álvarez acaba de se tornar o atleta mais bem pago da história. É que ele, de 28 anos e campeão mundial dos médios da AMB e da CMB, assinou ontem um contrato recorde de 365 milhões de dólares com a plataforma de transmissão DAZN, comprometendo-se a disputar 11 lutas nos próximos cinco anos. Assim, Canelo Álvarez quebra o recorde que pertencia ao jogador de beisebol Giancarlos Stanton, que em 2014 assinou com o Miami Marlins o acordo mais caro da história até então, no valor de 325 milhões de dólares por 13 anos de vínculo.

Arbitragem

A Fifa anunciou a relação dos árbitros escalados para o Mundial de Clubes com trio brasileiro formado por Wilton Pereira Sampaio, Bruno Boschilia e Rodrigo Figueiredo como representantes da Conmebol no torneio. O argentino Mauro Vigliano vai ser o responsável pelo árbitro de vídeo pela entidade sul-americana. O Mundial de Clubes será em dezembro, nos Emirados Árabes Unidos, e o Brasil ainda pode ser representado por Grêmio ou Palmeiras, semifinalistas da Libertadores.

Feito repetido

O pugilista Luiz Gabriel Oliveira, mais conhecido como Bolinha, repetiu o feito do avô e conquistou, ontem, a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude, que estão sendo disputados em Buenos Aires. Há 50 anos, na Olimpíada da Cidade do México, Servilio de Oliveira se tornou o primeiro medalhista do boxe brasileiro. Até 2012, foi também o único. A Olimpíada da Juventude, que reúne atletas que têm de 15 a 18 anos, termina nesta quinta-feira.

Que fase!

Depois de ter enfrentado o Palmeiras sem seis titulares, sendo cinco por lesão, o Grêmio sofreu um baque ontem quando Marinho torceu o tornozelo durante o treinamento para enfrentar o América-MG, sábado. Em reta final de temporada, todos querem a “bruxa” o mais longe possível.