O ?Bebê Johnson?s? está de volta, agora em versão digital

INFOCHPDPICT000060231674RIO – O Bebê Johnson?s está de volta. Agora, fincando pezinhos no mundo digital. O mais famoso concurso de fotografia de bebês está sendo reativado nesta segunda-feira pela Johnson & Johson Brasil, após seis anos de interrupção. Trata-se de uma bem costurada ação de exposição de marca em plataforma digital. Para participar, é preciso se inscrever diretamente no hotsite criado para a promoção, que permite ganhar cupons extras a partir do compartilhamento de fotos em rede social.

Unimed

A corrida para se tornar o novo Bebê Johnson?s ? serão três, na verdade, premiados com R$ 10 mil cada ? vai abrir caminho para a Johnson & Johnson se aproximar de um público de mais de 32 mil mães brasileiras conectadas à internet, segundo pesquisa da Comscore citada pela companhia. O perfil da Johnson?s Baby, sozinho, no Facebook, tem mais de 11,1 milhões de fãs.

? A Johnson & Johnson?s vem buscando um engajamento mais consistente com os consumidores desde a Copa do Mundo de 2014. E o canal digital é fundamental nessa conversa. O crescimento do investimento em mídia digital é relevante, sem abrir mão dos canais tradicionais de massa, como a TV aberta ? comenta Eduardo França, coordenador do MBA de Estratégias em Ciências do Consumo da ESPM-Rio.

A Johnson & Johnson (J&J) confirma que o segmento digital não é mais um complemento às mídias tradicionais, estando integrado à estratégia de marketing da marca. Em jogo está a larga mordida da multinacional no mercado brasileiro. A J&J detém 43,4% de participação, segundo dados da Nielsen de abril, no segmento de xampu no país. Em Hair Care (cuidados com o cabelo) infantil, o Brasil é o maior mercado para a companhia no mundo. Ao todo, somando as marcas Johnson?s Baby, Cotonetes e Desitin ? as três incluídas na promoção, que vai até 31 de outubro ? há 180 produtos no portfólio de produtos para os cuidados infantis.

?ESTRATÉGIA QUE NÃO ENVELHECE?

O projeto Bebê Johnson?s voltou a pedido dos consumidores da marca, explica o diretor de Marketing das marcas de Bebê, Beleza e Proteção Solar da Johnson & Johnson Consumo do Brasil, Ronaldo Art. O concurso criado em 1965 foi realizado sem interrupções até 1969. Quem nasceu depois deste ano e passou a vida ouvindo que era ?um Bebê Johnson?s? quando pequeno jamais teve a chance de ostentar efetivamente o título, que voltou à ativa em 2007 e até 2010.

? Isso é prova não apenas da força da marca, mas dos elementos que envolvem a estratégia em si, que não envelhece. Essa relação de mães e filhos, pais e filhos, independe de época. E é preciso lembrar que dois terços dos produtos consumidos nos lares brasileiros são escolhidos por mulheres. Então esse apelo é muito forte. E direcionado principalmente ao público feminino. O que está mudando é o canal usado para atingir esse público ? avalia França.

Além de produtos da linha Johnson?s Baby, inclui ainda itens das marcas Cotonetes e Desitin. No total, a promoção ? que vai escolher os vencedores por sorteio ? vai distribuir, além dos três grandes prêmios, mais de dois mil vale-brindes, totalizando R$ 400 mil. Para participar, é preciso investir R$ 25, ao menos. A campanha é assinada pela DM9DDB e terá filme para TV aberta e para mídia digital.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação