Morre o apresentador Goulart de Andrade, aos 83 anos

Ele tinha problemas no sistema cardiorrespiratório e estava internado no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo

RIO — Morreu na madrugada desta terça-feira o apresentador Goulart de Andrade, aos 83 anos. Ele tinha problemas no sistema cardiorrespiratório e estava internado no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo.

O carioca de nascimento e paulista por adaptação Goulart de Andrade estreou na Globo em 1978, no programa “Comando da Madrugada”, e trabalhou na televisão por mais de 50 anos — sua estreia foi em 1955, na TV Rio, com o programa “Preto e Branco”. O jornalista, que eternizou o bordão “Vem comigo!” em diferentes emissoras, era um dos maiores representantes da reportagem investigativa televisiva do país: suas cerca de 15 mil horas de material gravado ocupavam dezenas de prateleiras da Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

Depois de passar pelo SBT, seu último trabalho foi na TV Gazeta como apresentador do programa “Vem Comigo”, onde dividia cena com alunos da Fundação Cásper Líbero.

Ao longo de sua extensa carreira, ele passou por TV Tupi, TV Excelsior, TV Rio, TV Globo, TV Gazeta — onde trabalhou com Faustão —, TV Record, TV Bandeirantes e SBT. Goulart de Andrade trabalhou ainda nos jornais impressos “Última Hora” e “Aqui São Paulo”.

Ele deixa a mulher, Margareth Bianchini, com quem foi casado por 13 anos. Ele tinha três filhos, três netos e uma bisneta.



Fale com a Redação

quatro × 5 =