AUTOMÓVEIS

Mercedes-Benz já testa caminhões elétricos

11 de junho de 2022 às 09:24
eActros Driving Experience eActros Driving Experience
Publicidade

 

 

Após o lançamento no mercado do eActros para serviços de transporte de distribuição pesada em 2021, a Mercedes-Benz Trucks está sistematicamente avançando com a introdução de modelos adicionais de veículos elétricos movidos a baterias para este e os próximos anos. Para o importante segmento de transportes de longo percurso, o eActros LongHaul, com uma autonomia de cerca de 500 quilômetros com uma carga de bateria, está previsto para entrar em produção em série em 2024. Os primeiros protótipos do caminhão de 40 toneladas já estão passando por testes internos e os engenheiros da Mercedes-Benz Trucks estão planejando dar início aos testes do caminhão elétrico nas estradas públicas este ano.  O eActros LongHaul vai viabilizar a recarga de alto desempenho – conhecida como “recarga megawatt”. A Mercedes-Benz Trucks também está preparando versões adicionais do eActros – especificamente do eActros 300 e do eActros 400 – e, já a partir de julho, o eEconic para uso em serviços municipais está previsto para começar a sair da linha de montagem na fábrica de Wörth como segundo veículo de produção em série totalmente elétrico. O objetivo da Mercedes-Benz Trucks é aumentar a participação de veículos novos livres de emissões locais de CO2 na Europa para mais de 50% até 2030.

Visando apresentar ainda mais a mobilidade elétrica aos clientes de caminhões de toda a Europa, a fabricante está organizando um evento com duração de várias semanas na fábrica de Wörth a partir do início de junho. Especialistas da Mercedes-Benz Trucks informarão um total de cerca de 1.000 participantes sobre os aspectos centrais da mobilidade elétrica, desde infraestrutura e serviços até modelos elétricos. Além disso, os clientes terão a oportunidade de conduzir o eActros 300 em rotas exigentes e com cargas úteis realistas.

Karin Rådström, CEO da Mercedes-Benz Trucks: “O enorme interesse em nosso evento de condução do eActros em Wörth é mais uma prova da popularidade da mobilidade elétrica que está conquistando os clientes. Os clientes estão, assim, enviando um forte sinal a todas as partes interessadas para combinarem esforços e colocar cada vez mais caminhões elétricos nas estradas, expandir a infraestrutura de recarga e criar uma paridade de custos.”

Objetivo final

A ambição da Daimler Truck é oferecer apenas veículos novos na Europa, Japão e América do Norte que sejam livres de emissões de CO2 em operação (“tank-to-wheel” – desde o tanque até o volante) até 2039. Os dois modelos elétricos movidos a bateria Mercedes-Benz eCitaro e Mercedes-Benz eActros já estão saindo das linhas de montagem em produção em série desde 2018 e 2021, respectivamente. O Mercedes-Benz eEconic, FUSO eCanter e o Freightliner eCascadia seguirão no final deste ano, e outros veículos livres de emissões locais de CO2 já estão planejados. Para a segunda metade desta década, a Empresa planeja complementar ainda mais sua gama de veículos com veículos produzidos em série movidos a células de combustível à base de hidrogênio. Colocar o transporte neutro em CO2 nas estradas até 2050 é o objetivo final.

Fotos: Divulgação

+++

Híbridos e elétricos podem ser blindados

O mercado de veículos híbridos e elétricos está a cada instante mais expandido, o que torna impossível ignorá-lo. Só no Brasil houve avanço de 78% nas vendas desses modelos nos primeiros quatro meses de 2022, de acordo com dados da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE). Os eletrificados atingiram 3.123 emplacamentos somente em abril, o que totalizou 12.976 unidades vendidas no acumulado do ano, contra 7.290 no primeiro quadrimestre de 2021.

As diferenças entre veículos híbridos e elétricos daqueles a combustão vão, de fato, muito além da configuração do motor e da economia de combustível. E um dos pontos que chama a atenção está na blindagem desses modelos. Os eletrificados podem ser blindados como qualquer outro veículo, não há dúvidas, no entanto, há diferenças imensas na hora de executar o serviço

“Muitas vezes o veículo híbrido ou elétrico tem motores ou unidades geradoras de força em mais de uma posição. Há veículos que têm motor no compartimento do capô além de outro no porta-malas. Assim acontece também com as unidades armazenadoras de energia. Isso faz com que haja mais cabos e chicotes elétricos distribuídos pelo veículo e esta situação exige maior cuidado durante a blindagem além de um projeto de balística exclusiva”, alerta Olavo Ehmke, sócio-diretor do grupo empresarial Autobunkers Defense, referência nacional em blindagem automotiva, com mais de 20 anos de experiência e que já executou mais de 7 mil blindagens. De acordo com o especialista, híbridos e elétricos não aceitam soldas ou outros processos que gerem descargas elétricas no carro. “Inclusive, os veículos híbridos e elétricos devem permanecer isolados do solo com o uso de cavaletes de plástico ou borracha. Nestes veículos utilizamos a blindagem Aramid Gold que é uma tecnologia exclusiva de uma blindagem executada em manta aramida e dispensa peças em aço”.

O Grupo Autobunkers Defense lançou no ano passado esta nova blindagem veicular que tem como diferencial a adoção 100% da manta aramida, revestimento produzido em Kevlar, que oferece a mesma resistência balística que o aço, mas com redução do peso do veículo.

 

++++

 

Fastback é o nome do novo SUV Coupé da Fiat

A Fiat prepara o lançamento do seu novo SUV que trará a melhor combinação de design e performance. Além da marcante silhueta, seu nome é revelado: Fiat Fastback. É a mesma denominação do carro conceito apresentado no Salão do Automóvel de 2018, que serviu como inspiração e foi elogiado mundialmente por seu design que trazia a harmonização perfeita entre os desenhos de um SUV e um coupé. O nome Fastback faz referência direta a uma categoria super seleta de carros que têm em comum o desenho veloz e curvas dinâmicas da carroceria.

O novo SUV da Fiat representa mais um marco importante na consolidação do reposicionamento da marca. Trará a essência do design italiano feito no Brasil, com linhas e formas que esbanjam esportividade e elegância. 100% projetado no Design Center South America, o veículo tem chegada prevista para o segundo semestre de 2022 e, aos poucos, mais detalhes sobre ele serão revelados.

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE