Desde 2017, o Município de Cascavel vem desempenhando um papel de destaque no fomento das políticas públicas para a gestão dos Resíduos Sólidos. Essa realidade transforma diariamente o trabalho dos Ecopontos e as cooperativas, responsáveis pela operacionalização dos materiais recicláveis, fruto de um convênio histórico da Prefeitura com a Itaipu Binacional.

O Estado do Paraná, através da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (SEDEST), convidou o Município, através do Secretário Municipal do Meio Ambiente, Nei Hamilton Haveroth, para uma reunião de trabalho, acerca da regionalização do modelo de gestão dos resíduos sólidos. O encontro é conduzido pelo secretário da SEDEST, Márcio Nunes.

No mês passado, foi sancionada a Lei Estadual nº 20.607, que dispões sobre o Plano Estadual de Resíduos Sólidos (PERS), instrumento destinado a organizar e estabelecer a administração dos Resíduos Sólidos.

Entre os pontos relevantes da Legislação Estadual está a vinculação da logística reversa ao licenciamento ambiental, o que deve ser observador pelos fabricantes ou responsável pela importação, distribuição ou comercialização de produtos sujeitos ao seu correto descarte. O secretário municipal do Meio Ambiente, Nei Hamilton Haveroth, retorna a Cascavel nesta terça-feira.