McGregor ainda se considera campeão dos penas: ‘Cinturões falsos a pessoas que eu já destruí’

Conor McGregor disparou de uma só vez contra três alvos numa entrevista de TV na Irlanda. Ao se dizer ainda campeão dos penas, o detentor do título do peso-leve atacou o UFC e dois ex-rivais: José Aldo e Max Holloway, atualmente campeões linear e interino, respectivamente, da categoria até 66 kg do Ultimate Fighting Championship.

Unimed

– Eles podem fazer o que quiser, podem tentar dar cinturões falsos a pessoas que eu já destruí. Assim, o campeão atual é um cara que nocauteei em 13s, o atual campeão interino é um cara que também destruí. Oficialmente, não me importo com o que ninguém diz, sou campeão de duas divisões e é isso aí – disse o irlandês, corrigindo a repórter que, no início da conversa, o apresentava como campeão dos leves (até 70 kg). – Não, não, espera aí, vamos dizer corretamente, o campeão peso-leve e peso-pena mundial do UFC. Não se importe com isso, ainda sou o campeão de dois pesos – afirmou McGregor.

MMA / UFC em 18 de dezembro

Em dezembro de 2015, McGregor tomou de Aldo o cinturão dos penas, num nocaute em apenas 13 segundos de luta. O irlandês, porém, jamais colocou o cinturão dos penas em jogo. Em novembro de 2016, desafiou Eddie Alvarez e também o nocauteou, para conquistar o título dos leves. McGregor se tornou o primeiro lutador do UFC a ter dois cinturões simultâneos, mas a organização lhe tirou o dos penas, extamente porque ele nunca o defendeu.

Aldo, que era o campeão interino, voltou a ser o linear. E Max Holloway, com a vitória por nocaute sobre Anthony Pettis no UFC 206, em dezembro, conquistou o cinturão interino. Aldo e Holloway vão se enfrentar em 2017. O americano também foi vítima de McGregor, para quem perdeu em agosto de 2013, por decisão unânime.

Unimed

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação