Marechal Cândido Rondon – O corpo do humorista rondonense Cleiton Geovani Kurtz, o Willmutt, foi enterrado na tarde deste domingo (23), em Marechal Cândido Rondon. Após culto, o corpo seguiu em cortejo até o Cemitério Municipal, com escolta da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. 

O corpo do humorista chegou durante a madrugada na cidade e foi velado na Comunidade Evangélica Martin Luther. A igreja lotou para o culto de despedida do humorista. Após o cortejo fúnebre seguiu até o cemitério municipal. 

Cleiton Kurtz sofreu acidente de carro na tarde de sexta-feira (21), na região de Aporé, no Estado de Goiás. Ele retornava de um show de humor realizado na cidade de Água Boa, no Mato Grosso.

O prefeito de Marechal Cândido Rondon, Moacir Froehlich, decretou luto oficial por três dias no município devido à morte do humorista. Também o Sport Club Internacional, de Porto Alegre, do qual Willmutt era cônsul cultural, emitiu nota de pesar pelo seu falecimento e ofereceu um minuto de silêncio no início da partida contra o Atlético-PR neste domingo.

Cleiton Geovani Kurtz tinha 39 anos e nasceu em Marechal Cândido Rondon. Há pouco mais de 10 anos, saiu do anonimato após um trote telefônico aplicado despretensiosamente numa operadora de telefonia celular, que acabou se espalhando na internet.

A partir da brincadeira surgiu o personagem Willmutt, que se tornou conhecido e reconhecido em todo o Brasil, especialmente na região Sul, devido a característica cultural, por seus trotes telefônicos e humor irreverente.

O sucesso do personagem na internet fez com que Cleiton Kurtz apostasse numa carreira de humor, passando a interpretar o Willmutt também nos palcos de teatro em shows artísticos.

Ao todo, estima-se que mais de meio milhão de pessoas tenham assistido aos shows de humor do rondonense, ao longo de sua carreira de 10 anos.

(Com informações do Aqui Agora.Net)