Libertadores voltam com brasileiros em campo

O Athletico já está em Cochabamba, na Bolívia, para enfrentar o Jorge Wilstermann a partir das 19h15

Cochabamba – Depois de seis meses parada, a mais tradicional competição continental do futebol está de volta com a disputa de quatro partidas nesta terça-feira. E times brasileiros estarão em campo na sequência da fase de grupos.

brde1

O Athletico já está em Cochabamba, na Bolívia, para enfrentar o Jorge Wilstermann a partir das 19h15. O jogo é válido pelo Grupo C, que tem todos os times com três pontos em duas partidas. Os dois times também se enfrentaram na fase de grupos no ano passado, com uma vitória para cada lado nas partidas como mandante.

Agora, eles passam por situação opostas. Os bolivianos ganharam nove de seus últimos jogos como mandantes e não sofreram gols em oito deles. Já o Athletico tem uma péssima campanha no Brasileiro e, como estatística, perdeu seus últimos seis jogos como mandante na Libertadores.

Para complicar, o técnico Eduardo Barros não poderá contar com Jandrei, Thiago Heleno, Léo Cittadini e Nikão.


Santos defende liderança contra o Olímpia

Santos – Único time com 100% de aproveitamento no Grupo G da Libertadores, o Santos recebe o paraguaio Olímpia a partir das 21h30 desta terça. A novidade no time pode ser o centroavante Raniel, desde que seu exame de covid-19 aponte que está recuperado. A lista de inscritos foi ampliada com os nomes dos zagueiros Alex e Wagner Leonardo, dos meias Anderson Ceará, Gabriel Pirani e Lucas Lourenço e do atacante Lucas Braga.

É a primeira vez na história da competição que os dois times se enfrentam. Porém, o retrospecto aponta que o Santos está invicto nos dez jogos que disputou contra times paraguaios.

O Olímpia conta com o atacante Derlis Gonzáles, que jogou no Peixe entre 2018 e 2019, com 54 jogos disputados e nove gols marcados. Ele disse que caso marque um gol, não irá comemorar.

 

Unimed

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação