COTIDIANO

Iniciativa paranaense vira referência na busca por desaparecidos

19 de junho de 2015 às 10:23
Publicidade

Curitiba – “A proposta seguramente é inovadora e trará dinâmica a ação das autoridades que poderão interceptar muitos casos de rapto, tráfico de pessoas e impedir inúmeras violências; até mesmo mortes”.

Esse comentário de Ivanise Esperidião, presidente da Associação Brasileira de Busca e Defesa a Crianças Desaparecidas, entidade conhecida como Mães da Sé, indica a expectativa positiva gerada por uma proposta em tramitação na Alep (Assembleia Legislativa do Paraná).

A proposta do deputado cascavelense Marcio Pacheco cria o “Alerta Vida” e propõe o uso de um aplicativo de celular como ferramenta para prevenir e solucionar o desaparecimento de pessoas de todas as idades, sobretudo crianças.

A ideia veio da experiência do parlamentar como policial federal e será amplamente debatida em audiência no dia 1º de julho, na Assembleia, com participação de representantes dos organismos policiais, Poder Judiciário, Ministério Público, Conselhos Tutelares e organizações apoiadoras da causa.

Tempo real

A ferramenta deverá georreferenciar e disparar alertas em tempo real, após cada registro de desaparecimento no Estado do Paraná. Caso aprovada, a plataforma será de uso obrigatório para todas as instituições policiais subordinadas ao Estado e guardas municipais, e também m será disponibilizada mediante convênio às polícias Federal, Rodoviária Federal e Conselhos Tutelares.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE