Informe da redação: Zezinho de volta, Manual do TC e Contorno Norte

De volta

Quando usar máscara de pano

O prefeito José Romualdo Pedro, o Zezinho, reassumiu ontem a Prefeitura de Lindoeste com o respaldo da Justiça, que anulou a cassação do seu mandato feita pelos vereadores dia 6 de janeiro. Um público se formou na prefeitura, na manhã de ontem, para apoiar a volta dele ao cargo. Ele aproveitou para explicar a situação das contas atrasadas: “O que aconteceu é que, com o decreto de cassação, a vice-prefeita [Alessandra Bueno] assumiu o cargo em passar pelos trâmites legais, ou seja, não existe Ata de Posse na Câmara de Vereadores, tampouco uma solenidade de posse, e ela teve dificuldade em acessar as contas bancárias, mesmo porque os bancos exigiram documentos que comprovassem essa situação, e, por isso, fornecedores, médicos e estagiários não receberam. Mas os recursos estão nas contas… E recursos dos governos estadual e federal estão vindo”.

Paciência, povo!

Zezinho acrescentou: “Peço um pouco de paciência ao nosso funcionalismo, pois devemos atrasar um pouco o pagamento… Vamos tomar pé da situação e o mais rápido possível regularizar tudo.”

Manual do TC

O TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado) lançou ontem o Manual de Encerramento de Mandato voltado aos prefeitos dos 399 municípios paranaenses. Como em 2020 terminam os mandatos, o objetivo do material elaborado pelo TCE é orientar gestores e servidores municipais a respeito de normas e diretrizes legais que devem ser seguidas no último ano de gestão para evitar problemas na hora de prestar contas à Corte.

Sem checão?

Já na Alep, o fim do tradicional “checão” para ilustrar a foto do fim do ano tem tirado o sono da mesa diretora. Isso porque ano passado boa parte da devolução da “sobra de verbas” da Casa fez parte do Programa Paraná Mais Cidades, feito pela Casa Civil com participação dos deputados. Neste ano, ainda não definiram como será feita a devolução.

Com checão!

O primeiro-secretário Luiz Claudio Romanelli, responsável pelo “cofre” da Alep, diz que vai continuar: “Vamos repassar no mínimo R$ 280 milhões”, afirma, o que repetiria o valor do ano passado. “O objetivo era alcançar R$ 300 milhões, mas não posso garantir. A destinação das verbas está em processo de construção, vamos trabalhando de acordo com a demanda do estado”.

De volta

Depois de longas férias, os deputados estaduais retomam as sessões ordinárias na segunda-feira (3).

Agenda

Tradicional palco para políticos, sem eleições estaduais nem nacionais à vista muitas figurinhas carimbadas ainda não aparecem na agenda oficial do Show Rural. Até ontem, apenas dois deputados estaduais e um federal eram citados. O deputado estadual Coronel Lee é listado em três dias e seu colega Márcio Pacheco em um dia. Federal, consta apenas o nome de Marcel Micheletto em dois dias.

Contorno Norte

O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, foi com a mala cheia a Curitiba. Além de conseguir a duplicação do trecho da BR-277 até o Distrito de São João, aproveitou para pedir a inclusão do Contorno Norte no novo modelo de concessão de pedágio das rodovias do Paraná, trecho que desviaria do Trevo Cataratas o tráfego da BR-277, facilitando inclusive acesso à Ferroeste. Aproveitou ainda para negociar um convênio com o Estado para garantir recursos para o Hospital de Retaguarda que ele quer pôr para funcionar ainda este ano.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

nove + 12 =