Informe da redação: Volta às aulas, Ajuda de R$ 700, Legalista sem ser extremista

Anote aí: 15 e 19 de novembro

Centro Optico Parana

O Senado aprovou ontem à noite o adiamento para 15 e 29 de novembro as eleições municipais deste ano, primeiro e segundo turno, respectivamente. O texto terá de passar ainda pela Câmara dos Deputados. As datas foram discutidas e alinhavadas com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

CNH com 40 pontos

Uma das primeiras defesas do presidente Jair Bolsonaro avança no Congresso Nacional. Ontem, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 353 votos a 125, o texto-base do projeto que altera o CTB (Código Brasileiro de Trânsito), que amplia de 20 para 40 pontos do limite para a suspensão da CNH (Carteira Nacional de Trânsito).

Condições

O projeto original, contudo, sofreu resistência dos deputados e foi alterado. Apesar de ampliar o limite para a suspensão da carteira, o relator incluiu na proposta um escalonamento e algumas exigências ao motorista: 20 pontos se o condutor tiver duas ou mais infrações gravíssimas; 30 pontos, se tiver apenas uma infração gravíssima; ou 40 pontos, se não constar entre suas infrações infração gravíssima.

Ajuda de R$ 700

Em Santa Helena, o Legislativo aprovou projeto do Executivo para concessão de auxílio financeiro emergencial, semelhante ao do governo federal, a munícipes em estado de vulnerabilidade social, como medida de mitigação dos impactos sociais e financeiros e enfrentamento da pandemia de covid-19. Uma emenda aumentou o valor de R$ 500 para R$ 700.

Só uma parte

O ministro Eduardo Pazuello disse ontem (23) que o Ministério da Saúde gastou, até agora, menos de um terço dos R$ 39,3 bilhões destinados ao combate ao novo coronavírus. Em audiência na Comissão Mista do Congresso Nacional que acompanha as medidas tomadas pelo governo federal quanto à pandemia, ele declarou que, até agora, R$ 10,9 bilhões foram gastos.

Aporte

Já por aqui, a Itaipu anunciou que fará uma suplementação de aproximadamente R$ 2,7 milhões nos recursos do auxílio eventual para ajudar entidades humanitárias que perderam renda em consequência da pandemia da covid-19 na região oeste do Paraná. Esse valor soma-se aos R$ 2,8 milhões repassados anteriormente. Só nesta ação, o total é de R$ 5,5 milhões. Ao todo, a usina já investiu R$ 23 milhões no combate à doença.

Volta às aulas

Após se reunir com o presidente Bolsonaro, o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, cotado para comandar o MEC, disse que o presidente espera que o próximo ministro apoie estados e municípios no uso de tecnologia para aulas remotas e na retomada de atividades presenciais.

Feder encantado

O presidente falou ainda sobre importância de articulação sobre o novo Fundeb, principal fundo de financiamento da educação, que está em discussão no Congresso. Feder saiu “encantado” com Bolsonaro, chamou-o de “estadista”, e disse que outras pessoas devem ser consultadas antes da decisão final.

Legalista sem ser extremista

Empresários do Sul do Brasil criaram um movimento político de defesa da Constituição e das instituições brasileiras, com a intenção de transformá-lo em partido para as eleições 2022 e para o qual o candidato dos sonhos é o ex-ministro Sergio Moro. A iniciativa foi batizada Cidadão Democrático de Direito. “Ele [Moro] seria o nosso símbolo, de um estado de legalista, que faz a coisa certa”, afirma Fábio Aguayo, diretor da Abrabar (Associação Brasileira de Casas Noturnas) e idealizador do movimento, mas acrescenta: “O movimento não é para Moro ser candidato”, mas apoiá-lo, se ele quiser. Diz que a ideia é uma ação fora do eixo Rio-São Paulo, principalmente em Curitiba, e de defesa das instituições: “Elas podem ter os defeitos, mas sem elas a gente não vive.”

 

Copacol

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação