Informe da redação do dia 4 de outubro de 2019

Falência da Odebrecht

A Caixa pediu ontem a liquidação do conglomerado de construção Odebrecht. A informação foi publicada pela Reuters, que conseguiu um documento judicial. A Caixa também quer que o juiz permita aos credores nomear novos administradores para o conglomerado e suas subsidiárias em uma assembleia.

Deixa quieto?!

O deputado Coronel Lee ficou sozinho na briga pelas reintegrações de posse. Pelo jeito, nenhum outro deputado está muito a fim de arrumar encrenca com o MST.

Mui amigo I

O ex-ministro Antônio Palocci contou que seu ex-colega Guido Mantega vazou informações sobre mudança na taxa Selic ao banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, alvo de uma operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal deflagrada nessa quinta-feira (3) (por causa disso).

Mui amigo II

Reportagem do Estadão de abril de 2012 mostrou que fundo do BTG teve rentabilidade de 402%. Assim fica fácil, né?

Made in USA

O limite de compras para viagens aos Estados Unidos com isenção pode ser alterado. A revista Época diz que o Planalto estuda rever o valor máximo que brasileiros podem trazer em produtos dos states de US$ 500 para US$ 1.000. A cota do Paraguai deve continuar em US$ 300.

Moro em Curitiba

O ministro Sergio Moro volta pra “casa” hoje. Com o governador Ratinho Junior e o secretário da Segurança Pública, coronel Rômulo Marinho Soares, cumpre extensa agenda nesta sexta-feira em Curitiba e São José dos Pinhais para acompanhar as ações do projeto Em Frente, Brasil de combate à criminalidade violenta.

Na foto

Por falar em Moro… O governo federal lançou ontem campanha publicitária de defesa do pacote anticrime do ministro. A intenção é tentar conter a desidratação que a proposta vem sofrendo no Congresso, que já derrubou o excludente de ilicitude e a prisão em segunda instância. A campanha custou R$ 10 milhões e será veiculada até o dia 31 deste mês.

Estrada do Colono

A reabertura da Estrada do Colono volta ao centro do debate nesta sexta, às 19h, na Fundação Cultural de Foz do Iguaçu. Contudo, pelos convidados, é bem provável que, desta vez, o evento acabe por não abrir o caminho.

Sessão quente

A Câmara de Quedas do Iguaçu realizou ontem nova sessão de julgamento do relatório final da CP do Bolo, que pede a cassação do mandato da prefeita Marlene Revers. A sessão durou o dia todo e foi interrompida no fim do dia porque uma vereadora chegou a desmaiar tamanha a pressão que ela teria sofrido do advogado de defesa da prefeita.

Adeus, Pelissaro

Faleceu ontem à noite o presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro. Ele estava internado havia cerca de um mês na Uopeccan lutando contra o câncer. Há três semanas seu estado se agravou e ele foi induzido ao coma. Contudo, semana passada apresentou melhoras, mas foi acometido por uma infecção nos pulmões. O velório está sendo realizado na Câmara de Vereadores de Cascavel. O sepultamento será no Cemitério Central, às 16h. O prefeito Leonaldo Paranhos vai decretar luto oficial de três dias.



Fale com a Redação

2 + dez =