Informe da redação do dia 30 de novembro de 2019

Último cassado de volta

Atendendo a uma determinação judicial, o presidente da Câmara de Foz do Iguaçu, Beni Rodrigues (PSB), vai reconduzir Rudinei de Moura para o exercício da função de vereador nesta segunda-feira (2), às 8h30, no Gabinete da Presidência. Rudinei de Moura se reelegeu em 2016 com 2.410 votos, pelo PEN, e hoje está no Patriota. Com o retorno de Rudinei, quem deixa a cadeira é o suplente Marino Garcia (sem partido). Rudinei teve o mandato cassado em 2017 após ter sido preso em uma das fases da Operação Pecúlio. Também foram cassados os vereadores Luis Queiroga, Anice Gazzaoui, Edílio Dall’agnol e Darci DRM. Como eles ainda não foram julgados, a Justiça retirou as restrições para assumir cargos públicos e, devido a um erro no processo de cassação cometido pela atual legislatura, os vereadores retornaram aos mandatos. Todos os demais já voltaram, apenas Rudinei estava fora.

CPI da Iluminação

Ainda em Foz… na segunda (2), às 9h, a CPI da Iluminação pretende ouvir o prefeito Chico Brasileiro (PSD), além do atual e o ex-secretário de Obras, o atual e o ex-diretor de Iluminação Pública, o fiscal de contrato do Executivo e sócios representantes da Energepar Empreendimentos Elétricos Ltda. A comissão investiga indícios de superfaturamento e/ou desperdício de dinheiro público na aquisição de luminárias de LED para a iluminação pública.

Leilões

As políticas públicas de enfrentamento ao tráfico de drogas receberam reforço de R$ 1,8 milhão decorrentes de três leilões de veículos apreendidos, em processos judiciais envolvendo tráfico de drogas no Paraná. O último foi realizado quinta à tarde, em Foz, e rendeu R$ 1,1 milhão da venda de veículos que estavam nos pátios das delegacias de Foz, Guaíra e Cascavel.

Sem interesse

A terceira tentativa de vender o Atacado Liderança, na BR-277, foi novamente frustrada. Ninguém deu lance no leilão ocorrido na tarde dessa sexta-feira (29). O valor inicial era de R$ 19.384.736,78, um terço menor que a avaliação, de R$ 28 milhões. Já o imóvel da Avenida Carlos Gomes foi arrematado pelo lance inicial (R$ 3.019.851,19), único lance.

Idosos

Olha que iniciativa interessante… Em Cascavel, o Conselho do Idoso começa nesta segunda a discutir o projeto de lei que cria o Programa Municipal de Família Acolhedora Para Idosos e Pessoa com Deficiência. O primeiro encontro será às 15h na sala de reuniões da Secretaria de Assistência Social, na Prefeitura de Cascavel.

Casa Fácil

Cascavel vai retomar um importante programa. O convênio do Casa Fácil será assinado segunda, às 9h, no gabinete do prefeito Leonaldo Paranhos, com representantes do Crea-PR e da Aeac – conselho e associação de engenheiros e arquitetos. O programa estabelece parceria com as entidades para a construção de moradias populares com até 70 metros quadrados, beneficiando famílias com renda mensal de até três salários mínimos.

13º salário

Pesquisa da Fecomércio aponta que a principal destinação do 13º salário pelos paranaenses será para quitar dívidas: 29,3%. Outros 28% pretendem fazer compras ou viajar, enquanto 23,7% planejam fazer uma reserva financeira e 5,7% afirmam que pagar impostos e taxas.

Uníssomo, SQN!

Os três senadores do Paraná – Alvaro Dias (Pode), Flávio Arns (Rede) e Oriovisto Guimarães (Pode) – votaram pela derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto de lei que prevê o atendimento de assistentes sociais e psicólogos nas escolas brasileiras. Por outro lado, três deputados paranaenses votaram pela manutenção do veto: Evandro Roman (PSD), Felipe Francischini (PSL) e Sargento Fahur (PSD).

 

 



Fale com a Redação

20 − 9 =