Informe da redação do dia 12 de junho de 2019

Bolsonaro nomeia general Carbonell

O general Luiz Felipe Carbonell volta à usina de Itaipu depois de atuar, por quase dois anos, como chefe da Assessoria de Informações, para assumir a Diretoria de Coordenação. A nomeação dele foi publicada no Diário Oficial da União dessa terça-feira (11). Ele substitui o engenheiro Newton Kaminski. O mandato vai até 16 de maio de 2022. A data da posse não foi definida, mas deve ocorrer ainda nesta semana.

Militares

Carbonell deixou a Secretaria de Segurança do Paraná para assumir o cargo. Ele tem forte ligação com o general Joaquim Silva e Luna, diretor-geral brasileiro de Itaipu, com quem trabalhou como chefe de gabinete por quatro anos. O novo diretor de Coordenação também tem muitos contatos em Foz. Ele é o terceiro militar nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro a assumir um cargo de diretor na binacional. Além de Silva e Luna, tem ainda o vice-almirante Anatalício Risden Júnior, diretor financeiro executivo.

Tríplice fronteira

Foz do Iguaçu volta ao cenário nacional nesta quarta-feira, agora palco do seminário itinerante do programa Investe Turismo, promovido pelo Ministério do Turismo em parceria com Sebrae e Embratur. O evento ocorre paralelamente ao Festival das Cataratas, que conta com uma programação diversa para desenvolver a cadeia turística da região da tríplice fronteira. O governador Ratinho Junior e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, são presenças certas.

Audiência pública

Ainda em Foz… A fim de trazer mais transparência na gestão fiscal, a Comissão Mista da Câmara realiza hoje, às 9h, audiência pública sobre o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020. A medida busca prever os recursos que serão destinados para o ano seguinte e assegurar uma melhor aplicação dos recursos públicos.

PSL vai de Lobato

O presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), anunciou o advogado Cássio Lobato como pré-candidato na disputa da Prefeitura de Foz do Iguaçu em 2020. “O ano de 2020 é uma prévia para 2022 e é fundamental a participação do Lobato nesse processo. Eu tenho absoluta certeza de que o povo de Foz estará nessa corrente com o Lobato, que vai caminhar em benefício não só de Foz, mas também do Brasil como um todo”, disse Bivar.

Greve

O deputado Professor Lemos (PT) alerta que o Fórum das Entidades Sindicais do Paraná já deliberou por greve dos servidores estaduais a partir do dia 25 de junho caso não consigam uma resposta ao impasse do pagamento da reposição salarial do funcionalismo público. Ontem, o comitê formado pelo governador Ratinho Junior para discutir o assunto esteve reunido novamente, mas continua sem solução o impasse.

Auditoria

Nesta semana, trabalho do PAF (Plano Anual de Fiscalização) de 2019 do TCE-PR está sendo executado por seis analistas em Anahy, Iguatu, Ivatuba, Ourizona, Porto Rico e São Pedro do Paraná.

#Vazajato

A primeira reunião entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o presidente Jair Bolsonaro após o vazamento que envolveu o ex-juiz da Lava Jato foi classificada como “bastante tranquila”, oportunidade na qual Moro tratou com o chefe do Executivo sobre o vazamento de suposto conteúdo de mensagens trocadas por ele e procuradores da Operação Lava Jato. Isso conforme nota divulgada pela assessoria da Pasta comandada por Moro, segundo a qual Bolsonaro “entendeu as questões que envolvem o caso”. O encontro aconteceu ontem de manhã, 11, no Palácio da Alvorada. O comunicado diz ainda que o ministro fez “todas as ponderações ao presidente, que entendeu as questões que envolvem o caso”.

 



Fale com a Redação

16 + cinco =