Primeira pesquisa ao governo

Já tem data prevista para a divulgação da primeira pesquisa registrada após a definição do quadro político no Paraná. O IRG protocolou na Justiça Eleitoral as informações sobre seu primeiro levantamento no ano, feito por encomenda do jornal Bem Paraná. A pesquisa tratará exclusivamente do cenário para o governo do Estado e deve ser divulgada a partir da próxima terça-feira (14). O instituto ouvirá 1.250 pessoas e a margem de erro é estimada em 2,8 pontos porcentuais.

Faep na eleição

Presidentes e líderes de sindicatos rurais do Paraná vão se reunir em Curitiba na próxima segunda-feira (13) para debater as propostas para o agronegócio paranaense dos candidatos a governo do Estado nas eleições de 7 de outubro. O encontro no Hotel Bourbon terá na programação a participação de três principais candidatos: João Arruda (MDB), Ratinho Júnior (PSD) e Cida Borghetti (PP). O trio fala aos participantes, respectivamente, às 9h, às 10h e às 11h. Cada um pode usar a sua hora como quiser, ficando a critério abrir ou não a exposição para perguntas e interações do público.

Que coisa…

Sabe aquelas coisas que, se contar, ninguém acredita? Pois veja só… Em Palotina, a prefeitura encaminhou à Câmara um projeto que autoriza permuta do lote 03, da quadra 822, pelo lote 08, da quadra 783. Motivo: o lote 03, no Bairro Bela Vista, perto do Caic, é de propriedade particular, só que, segundo a Prefeitura de Palotina, parte desse terreno “equivocadamente” foi usada para a construção da unidade básica de saúde daquela região.

Correção

Para corrigir o erro, a prefeitura ofereceu (e já foi aceito pelos proprietários), trocar os terrenos. O cedido fica na esquina das Ruas Lamartine Babo com Ari Barroso, no Loteamento Residencial Lettrari, perto da UFPR de Palotina. O projeto aguarda parecer da Comissão de Obras da Câmara. Os vereadores querem mais explicações sobre o “equívoco”.

Fim da terceirização

Já em Ramilândia a confusão foi com uma terceirização ilegal dos serviços de assessoria e acompanhamento da gestão municipal. Um cidadão denunciou o caso na ouvidoria do TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado) e a prefeitura rescindiu o contrato com a empresa.

Mão na cabeça

Os vereadores de Foz do Iguaçu decidiram passar a mão na cabeça da colega Nanci Andreola e rejeitaram o pedido de abertura de processo administrativo disciplinar. Também foi arquivado pedido semelhante contra a vereadora Rosane Bonho. Ambas por quebra de decoro parlamentar.

As denúncias

A representação contra Nanci, protocolada por Maximiliano Kitaichuca Gehlen, pedia investigação sobre sua ida ao Rock In Rio no dia em que apresentou atestado médico. Já no caso de Rosane, a representação era de que a vereadora teria praticado nepotismo ao nomear o padrasto de seu marido como assessor em seu gabinete.

Protagonista

O governo do Estado realizou ontem, em Maringá, a quarta reunião pública de trabalho sobre o novo ciclo de concessão rodoviária que deve acontecer no Paraná a partir de 2021. “Estamos promovendo debates para definir um novo modelo de concessão. A sociedade deve ser ativa, protagonista na definição do pedágio, porque isso impacta na vida das pessoas e na economia do Estado”, disse a governadora Cida Borghetti, que participou do encontro.

Novo modelo

“Estamos construindo esse novo modelo através do diálogo com a sociedade. Prioritariamente, queremos 50% a menos na tarifa do que é pago hoje”, disse Cida. Essa foi a quarta reunião realizada pelo governo do Estado. Os primeiros foram em Cascavel, Londrina e Ponta Grossa. Hoje o evento será em Curitiba.

Pesquisa

Antes de fazer o anúncio sobre o encerramento dos atuais contratos, o governo fez uma pesquisa que ouviu 10 mil paranaenses sobre o pedágio, com 18 perguntas, antes de tomar a decisão de fazer o que está sendo feito, revelou o secretário do Desenvolvimento Urbano, Sílvio Barros.