Partido mexicano de olho aqui

Nem bem guardaram as urnas no Brasil e o PAN – partido de oposição no México – contratou o marqueteiro argentino Jorge Gerez, que trabalhou na campanha do governador eleito do Paraná, Ratinho Júnior (PSD). O PAN se prepara para lançar o ex-senador Marko Cortéz como candidato a presidente em 2024, ano em que terminará o mandato de Andrés Manuel López Obrador. As informações são de Murilo Ramos, da Época.

Escolha certa

Para 82,6% dos brasileiros, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) acertou ao escolher o juiz federal Sergio Moro para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública. É o que revela levantamento feito pelo Paraná Pesquisas para medir a percepção do brasileiro sobre a futura nomeação. Outros 14,6% disseram que o presidente eleito errou na escolha e 2,8% não souberam ou não quiseram responder.

Desabafo I

O deputado federal Valdir Rossoni (PSDB) tem disparado pelo WhatsApp um texto-desabafo ainda inconformado com sua derrota nas urnas dia 7 de outubro. “Não me peçam o silêncio dos políticos (sic). Não vou pagar pelo que não fiz nem pelo que os outros fizeram” diz, no texto. Para Rossoni, a denúncia contra ele no escândalo da Quadro Negro teria lhe custado a reeleição.

Alvaro presidente

A bancada do Podemos decidiu lançar a candidatura de Alvaro Dias para a presidência do Senado. Em reunião a portas fechadas semana passada, os senadores da legenda aprovaram por unanimidade a entrada do ex-presidenciável na disputa. Após o encontro, Alvaro gravou um vídeo de apoio ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), em que diz ter feito uma reflexão após as eleições e decidido não fazer oposição ao novo governo. “Temos de esquecer eventuais mágoas e ressentimentos e o que foi de confronto que fique no passado”, diz.

Põe na agenda

O relator da reforma tributária, deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), aproveitou o início da sessão de ontem sobre os 30 anos da Constituição para puxar assunto com o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Hauly foi até o economista para tentar agendar uma nova reunião para falar sobre a reforma.

Vou, sim!

O ex-deputado federal e atual secretário de Infraestrutura e Logística do governo do Paraná, Abelardo Lupion (DEM), confirmou ontem que vai, sim, integrar a equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Segundo ele, o convite é do futuro ministro-chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni (DEM), com quem Lupion mantém proximidade há anos.

Precatórios

O governo do Estado tem uma dívida de R$ 9,3 bilhões em precatórios. Para o ano que vem, o Estado reservou R$ 1,35 bilhão para a quitação da dívida e usará recursos do Tesouro, com 2% da receita corrente líquida (RCL), valores de depósitos judiciais. A previsão é quitar tudo isso até 2024. O cronograma foi apresentado ontem ao Tribunal de Justiça do Paraná.

Projeto das PPPs

Na reunião de ontem entre Cida Borghetti e Ratinho Jr ficou combinado que no dia 19 de novembro as equipes do governo atual e do futuro discutirão um projeto de lei sobre as PPPs (Parcerias Público-Privadas). É que ambos têm propostas e querem ver o que dá para convergir antes de mandar para o Legislativo.

Cida inaugura UPS

A governadora Cida Borghetti estará em Cascavel nesta quinta-feira para inauguração da UPS Oeste, que fica no Bairro Santa Cruz. A solenidade havia sido marcada para a semana anterior às eleições e adiada para não haver confusão eleitoreira. Essa é a terceira Unidade Paraná Seguro de Cascavel, resultado de muita briga do deputado estadual Adelino Ribeiro depois de ela ter sido “desviada” para o Bairro Tropical por “forças ocultas”.