Novo advogado-geral da União

O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem, via Twitter, ter nomeado o então secretário Especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco Leal, como advogado-geral da União. Bianco assume o posto deixado por André Mendonça, indicado para assumir cadeira no STF (Supremo Tribunal Federal). Bruno Bianco ficou conhecido durante os debates da reforma da Previdência e chegou a ganhar o apelido de “Mickey da Previdência”. Na última reforma ministerial, que recriou o Ministério do Trabalho, Bianco chegou a ser anunciado como “número 2” do chefe da pasta, Onyx Lorenzoni. Em nota, a Anafe (Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais) saudou a escolha e destacou que Bianco figurou entre os mais votados da carreira de procurador federal, em recente enquete feita pela associação entre seus filiados, para elaboração de lista de indicados à AGU.

 

Ponte Lerner I

A segunda ponte ligando o Brasil ao Paraguai, em Foz do Iguaçu, e que está com 60% das obras concluídas, poderá se chamar Ponte Jaime Lerner, segundo projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados, de autoria do deputado Evandro Roman (Patriota-PR). Arquiteto e urbanista, Lerner foi governador do Paraná por duas vezes e prefeito de Curitiba por três vezes. Ele morreu aos 83 anos, no último dia 27 de maio.

 

Ponte Lerner II

Hoje, a ponte vem sendo chamada de Ponte da Integração. A parte brasileira da nova ponte é financiada por Itaipu, a um custo estimado de R$ 323 milhões. A ponte terá 760 metros de comprimento e um vão-livre de 470 metros – o maior da América Latina.

 

Em Foz

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Simonetti Marinho, e o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, participam nesta sexta-feira (6) da entrega oficial dos conjuntos habitacionais Boicy I e II, na região de Três Lagoas, em Foz do Iguaçu. O ato será às 9h30. Os residenciais atenderão 576 famílias previamente sorteadas pelo Fozhabita e com renda salarial de até R$ 1,8 mil.

 

Desabafo

“A pior coisa que existe para um político é a falta de caráter, ser submisso, ser inseguro e, principalmente, ser incapaz e homem suficiente para assumir os seus erros. Lamentável”, postou em sua rede social o ex-diretor da Câmara de Cascavel Mario Galavoti, no dia em que sua exoneração foi publicada.

 

Bob Req no PT?

O ex-presidente Lula convidou nessa quinta-feira (5) o ex-governador e ex-senador Roberto Requião para se filiar no PT com “a promessa” de ele disputar o governo do Paraná em 2022 pela sigla. Lula recebeu Requião ontem, em São Paulo, com seu filho deputado, Requião Filho (MDB), e o presidente do PT no Paraná, Arilson Chiorato.

 

 

Reunião cancelada

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, realizou discurso ontem para anunciar o cancelamento da reunião entre os líderes dos três Poderes, inicialmente prevista para ocorrer nesta semana. Em um duro e breve pronunciamento, o magistrado afirmou que “diálogo eficiente pressupõe compromisso permanente com as próprias palavras”, em referência à conversa que teve com o presidente Jair Bolsonaro, no dia 14 de julho, na qual o chefe do Executivo se comprometeu em moderar o discurso belicoso em relação aos ministros que integram a Corte, assim como cessar os ataques ao sistema eleitoral. Ontem, Fux disse que, “infelizmente, não temos visto” comprometimento com as próprias palavras no cenário atual: “Diante dessas circunstâncias, o Supremo Tribunal Federal informa que está cancelada a reunião outrora anunciada entre os chefes de Poder, entre eles o presidente da República”.