Bolsonaro internado

O presidente Jair Bolsonaro foi levado a São Paulo ontem para a realização de exames para definir se teria de ser operado. É que exames realizados no Hospital das Forças Armadas, pela manhã, constataram obstrução intestinal decorrente do atentado a faca sofrido por Bolsonaro em 2018. O médico Antônio Luiz Macedo, responsável por operá-lo em 2018 após a facada durante a campanha eleitoral, acompanha o caso. Bolsonaro deu entrada no Hospital das Forças Armadas ainda de madrugada, após sentir dores abdominais. Há dias ele vinha reclamando de soluços, que é um dos sintomas de problemas gástricos. Bolsonaro postou esta foto nas redes sociais com a legenda “Mais um desafio, consequência da tentativa de assassinato promovida por antigo filiado ao Psol, braço esquerdo do PT, para impedir a vitória de milhões de brasileiros que queriam mudanças para o Brasil. Um atentado cruel não só contra mim, mas contra a nossa democracia”.

 

Só em 2022

Levantamento divulgado pelo Radar Febraban junto ao Ipespe mostra que 68% dos brasileiros acreditam que a economia do Brasil só começará a se recuperar a partir de 2022; outros 13% acreditam que a economia se recuperará ainda em 2021, enquanto 12% não acreditam que a economia vai se recuperar. A pesquisa foi feita de 18 a 25 de junho com 3 mil pessoas, por telefone.

 

Voto vencido

“Quem quiser trabalhar contra as mulheres fará isso sozinho. Eu estou aqui por mim e por cada uma das mulheres que estão lá fora”, disse a vereadora Olinda Fiorentin durante votação, na Câmara de Toledo, de projeto que extinguiu a Secretária de Políticas para Mulheres. Olinda fez uma defesa emocionada em uma última tentativa de convencer os demais da importância da pasta e do retrocesso, mas foi voto vencido.

 

Holla, que tal

PEC (Proposta de Emenda à Constituição) protocolada esta semana na Assembleia Legislativa pelo deputado Arilson Chiorato (PT) visa instituir o ensino da língua espanhola como disciplina obrigatória nas escolas públicas no Paraná. A proposição, que endossa a luta do Movimento Fica Espanhol, prevê o ensino do idioma do Ensino Fundamental II ao fim do Ensino Médio, em todas as escolas paranaenses, com duas horas-aulas por semana.

 

Emprego

Em passagem rápida por Cascavel ontem, o secretário de Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost, disse que o Paraná vive o melhor momento da geração de emprego desde 2011. Recebeu do vice-prefeito Renato Silva o pedido de trazer à cidade um Paraná Cidadão, projeto que oferece uma série de serviços para a população.

 

Despedida

Cascavel perdeu ontem dois nomes importantes da história local. O ex-vereador Seno Rohden (2005-2008) faleceu aos 58 anos, em decorrência de cirrose. E, aos 73 anos, faleceu a ex-secretária de Assistência Social e ex-coordenadora do antigo Caom (de 1989 a 2000) Regina Barreiros, irmã do ex-prefeito Salazar Barreiros. Regina lutava contra a leucemia havia anos.

 

 

PSB quer Requião

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, convidou o ex-governador e ex-senador Roberto Requião a deixar o MDB para disputar o governo do Paraná pelo partido em 2022. A informação é do colunista Guilherme Amado, do Metrópoles. Contudo, há quem diga que a entrada de Requião na sigla deve encontrar resistência do partido do Paraná, que integra a base do governador Ratinho Júnior (PSD), e tende a apoiar sua reeleição.