Zurique – O Huracán ingressou com ação na Câmara de Resoluções e Disputas da Fifa contra o Internacional, o jogador Martín Sarrafiore e o agente do atleta, Matias Sabbag. O clube argentino cobra 10 milhões de dólares (R$ 40,7 milhões) na contratação do jogador.

A alegação é que Inter e jogador começaram a conversar sobre o pré-contrato firmado no início deste ano antes do período em que o atleta é autorizado legalmente a isso, seis meses antes do término de seu vínculo vigente. O Colorado alega que cumpriu com as exigências legais da Fifa.

O valor cobrado se refere a multa rescisória prevista no contrato passado do jogador. O Inter, por sua vez, admite pagar apenas o mecanismo de solidariedade da Fifa, que se refere a formação do atleta.