Guepardos estão ameaçados de extinção, alerta relatório inglês

RIO ? Um relatório da Sociedade de Zoologia de Londres divulgado esta semana alerta que o guepardo, um dos mamíferos mais rápidos do mundo, está em risco de desaparecimento. Estima-se que existem apenas 7.100 espécimes na natureza.

JK

Os guepardos transitam cada vez mais fora de áreas protegidas, entrando em conflito com os seres humanos. Os autores do relatório pedem para a espécie seja rebaixada da categoria ?vulnerável? para ?ameaçada de extinção?.

De acordo com o estudo, mais de metade dos guepardos vive em uma população que se espalha por seis países no Sul da África. A espécie foi praticamente dizimada na Ásia. Um grupo inferior a 50 indivíduos permanece no Irã.

Em busca de presas, o guepardo percorre áreas muito distantes de parques e reservas, ficando, assim, na mira de caçadores. Seu hábitat também tem sido cercado por culturas agrícolas. No Zimbábue, por exemplo, a população do felino caiu de 1.200 para 170 animais em apenas 16 anos.

? A grande demanda de espaço para o guepardo, somada à complexa gama de ameaças enfrentadas pela espécie na natureza, mostram a possibilidade de que seja muito mais vulnerável à extinção do que se pensava anteriormente ? comenta Sarah Durant, da Sociedade Zoológica de Londres, e autora principal do relatório.

Indivíduos jovens da espécie valem até US$ 10 mil no mercado negro. De acordo com o Fundo de Conservação dos Guepardos, cerca de 120 filhotes teriam sido levados ilegalmente para fora da África nos últimos dez anos. Aproximadamente 85% morreram durante a viagem.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação