Repercussão nacional

O prefeito Leonaldo Paranhos parou em rede nacional. Ele foi citado pelo apresentador Ratinho, do SBT, que elogiou a iniciativa de abrigar andarilhos e seus pets durante os dias frios da semana passada. “Queria dar os parabéns ao meu amigo Paranhos, prefeito de Cascavel. Que ideia maravilhosa!”, repetiu o apresentador, pai do governador Ratinho Junior.

 

PTB mulher

A presidente do PTB Mulher do Paraná, Amanda Camargo, esteve na Câmara de Cascavel na tarde de ontem (3) acompanhando a sessão. Acompanhada do empresário e pré-candidato a deputado federal Jota Junior, Amanda acompanhou os trabalhos dos parlamentares e aproveitou para cumprimentar o vereador Emerson Vilanova (PTB), que tomou posse na última sexta-feira (30), no lugar do vereador Professor Santello, que pediu licença-médica por 30 dias para tratar de problemas de saúde.

 

Fervendo

As sessões ordinárias voltaram na Câmara de Cascavel com vereadores afiados e sem papas na língua. Talvez seja esse o motivo de tantos afastamentos para tratar da saúde mental.

 

Com gripe

Já o líder do Governo, vereador Pedro Sampaio (PSC), não participou da sessão de ontem por estar com sintomas de gripe. Assim, a defesa das pautas do Executivo ficou por conta do vereador Valdecir Alcantara, vice-líder do Governo na Câmara.

 

Eleições HU

Ocorrem hoje (4) as eleições da nova diretoria do HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná), em Cascavel. Apesar de ser a primeira vez em que os servidores podem opinar, o processo conta com apenas uma chapa inscrita: Democracia Sem Medo, composta pelos atuais diretores da instituição: Rafael Muniz de Oliveira, diretor-geral; Rodrigo Barcella, diretor administrativo; Vilson Dalmina, diretor clínico; Alex Sandro Jorge, diretor pedagógico. A escolha democrática dos diretores do HU foi uma das promessas de campanha do reitor Alexandre Webber.

 

Praça da discórdia

O governador Ratinho Junior até tentou explicar (ou enrolar) a manutenção da praça de pedágio entre Cascavel e Toledo, prevista na próxima concessão de rodovias, no projeto que deve ser apresentado “em breve” pelo Ministério da Infraestrutura. Disse que teria uma tarifa “bem baixa” para cobrir serviços como ambulância. Só que não convenceu líderes locais, que já alertaram que não vão aceitar a praça. Recentemente, o prefeito Paranhos declarou, em rede social, que o ministro Tarcísio Gomes estaria arranjando um grande problema se insistisse nessa praça, pois seria motivo de um confronto.