Paranhos pede novo empréstimo

O prefeito Leonaldo Paranhos (PSC) solicitou aval da Câmara de Vereadores para contratar novo empréstimo: desta vez, são R$ 22 milhões por meio de operações com a Agência de Fomento do Paraná. A maior parte ficará para o conserto de vias: R$ 15 milhões, somados a um aporte a fundo perdido do governo do Estado de R$ 15 milhões. Pela apuração do Paço, 93% das ruas estão asfaltadas, mas a maioria com mais de 15 anos de uso. O Município alega incapacidade para realizar o serviço com recursos próprios.

Outras obras

Os R$ 7 milhões restantes desse empréstimo serão divididos em: R$ 4 milhões em infraestruturas do esporte (construção do ginásio em Juvinópolis) e R$ 3 milhões para aquisição de duas pontes de embarque no aeroporto. Para que o empréstimo ocorra, os vereadores terão de aprová-lo na sessão de segunda-feira, às 9h.

Avançar Cidades

Sem alarde, Paranhos assinou recente empréstimo para a implantação da modernização da infraestrutura do transporte coletivo e de tráfego, com valor total de R$ 35.847,725,01, com R$ 1.792.386,26 de contrapartida. O contrato foi assinado na terça-feira (13) com a Caixa. A carência para o pagamento será de dois anos e a amortização de 240 meses. Também foi assinado contrato para execução do Plano de Mobilidade Urbana: R$ 3,7 milhões, com R$ 185 mil de contrapartida.

Saem nove…

A polêmica sobre a extinção da Cettrans volta para a Câmara: segunda será apreciada a estrutura organizacional na autarquia Transitar. Foram extintos automaticamente os cargos secretária executiva, assessor de comunicação, assessor de relações comunitárias (salários de R$ 3.164,97), assessor de projetos da presidência (R$ 6.329), assessor jurídico do gabinete, diretor financeiro, diretor de engenharia, diretor de administração aeroportuária e diretor de educação (R$ 8.571).

…entram 12

Para a Transitar serão criados 12 cargos: presidente (R$ 15.891), assessor, diretor administrativo, diretor jurídico, diretor transporte, diretor de transito, diretor de administração aeroportuária (salário de R$ 8.717). Cada diretoria contará com um gerente de divisão, que receberá R$ 6.437. Fez a conta? Sai R$ 58.671,91, entra R$ 100.378.

Mil mosquiteiros

A prefeitura abriu licitação para registro de preços de mil mosquiteiros que serão instalados em escolas e Cmeis. O valor de cada tela varia de R$ 150 a R$ 430. A licitação atende a uma cobrança da Vigilância Sanitária nos refeitórios. O valor máximo previsto será de R$ 307.289,60 no certame.

Cartões de alimentação

Os servidores públicos municipais de Cascavel aguardam a liberação do auxílio-alimentação por meio de cartões magnéticos. A cobrança tem aumentado no Sindicato dos Servidores Municipais e uma empresa conveniada será contratada.