De volta de Ponta Grossa, onde encerrou, no último sábado, a série de amistosos preparatórios para o Paranaense 2019, o Futebol Clube Cascavel abriu, ontem, sua penúltima semana de pré-temporada. As atividades foram na academia, pela manhã, e no gramado do CT, com treino técnico durante a tarde.

Nesta terça e também na quinta-feira os trabalhos serão novamente em dois períodos, às 9h30 e às 16h30. Já amanhã, sexta e sábado serão apenas em meio período, enquanto o domingo (13) será todo de recuperação aos jogadores.

A mesma programação deverá se repetir na próxima semana, a que marcará a estreia da equipe no Estadual. O adversário da primeira rodada será o Toledo, em partida marcada para domingo (dia 20), no Estádio Olímpico Regional.

No último sábado, o teste diante do Operário foi avaliado como positivo pelo técnico Paulo Foiani: “Foi um bom jogo, uma boa preparação nesta reta final de treinos, contra uma equipe que com certeza vai brigar pelo título. Foi um jogo truncado e no qual tivemos dificuldades de buscar infiltrações devido à forte marcação, além de eles compactarem rápido e possuir jogadores de força. No geral, foi um grande teste, não sofremos tanto e eles chegaram poucas vezes com perigo”.

A formação

Para esse último amistoso antes do início do Estadual, o técnico Paulo Foiani mudou a formação em relação ao teste anterior, frente ao Cianorte. Desta vez, o 11 inicial contou com Fernando; Everton, Ítalo, Nilson Jr e Willian Simões; Duda, Oberdan, Bahia e Raí; Diego Torres e Rafael Gomes. No jogo do fim de semana anterior, Hítalo Rogério atuou no lugar de Nilson Jr na zaga; e Welton (Raí), Chininha (Diego Torres) e Libano (Rafael Gomes) foram os escolhidos para iniciar o amistoso com o Cianorte. Desta forma, Paulo Foiani manteve o rodízio na equipe titular, como fez em todos os oito testes na pré-temporada (vitórias sobre as equipes amadoras de Marechal Cândido Rondon e Francisco Beltrão, o time sub-20 da Chapecoense e o Cianorte; empate com o também amador D’Napolli/Cascavel, com o Cianorte e o Operário; e derrota para o Operário).

Avaliação do rival

Treinador do Operário no período vitorioso da equipe a partir de 2016 (campeão da Taça FPF 2016, Série D do Brasileiro 2017, Série C do Brasileiro 2018 e Segundona do Paranaense 2018), Gerson Gusmão acredita que a Serpente Tricolor dará trabalho aos adversários no Paranaense 2019: “O FC Cascavel é uma boa equipe. A gente já esperava essa dificuldade, e vamos enfrentar outras boas equipes na competição. Foi importante ter um jogo assim, contra uma equipe competitiva, que disputa cada bola, e muito próxima do que vamos enfrentar na competição”. O Fantasma de Ponta Grossa estreará no Estadual contra o Paraná Clube, no dia 20, na Vila Capanema.