Flamengo bate o Athletico-PR pelo Brasileirão

Pela sexta rodada da Série A, o Rubro-Negro carioca venceu o Furacão por 3 a 2 no Maracanã

Viradas, cinco gols e emoção até o apito final. O duelo deste domingo (26) entre Flamengo e Athletico-PR, válido pela sexta rodada do Brasileirão, foi um prato cheio para o torcedor. No fim, vitória do Rubro-Negro carioca por 3 a 2. No Maracanã, Gabriel, Bruno Henrique e Rodrigo Caio marcaram os gols do time da casa, enquanto Marcelo Cirino (x2) fez para o Furacão.
O jogoEmbalado pelos mais de 50 mil torcedores, o Flamengo começou com tudo e quase abriu o marcador aos cinco minutos, com Everton Ribeiro. Aos poucos o Athletico equilibrou as ações e o jogo ganhou em movimentação. A primeira chance do Furacão saiu aos 16, Halter aproveitou uma sobra na área e finalizou para boa defesa de Diego Alves. A resposta carioca foi imediata. Bruno Henrique soltou uma bomba da entrada área e Santos apareceu para evitar o gol, aos 18. Era lá e cá. Dois minutos depois os paranaenses chegaram de novo. Cirino arriscou da intermediária e novamente Diego Alves salvou o time da casa. Na marca dos 26, Gabriel, de pênalti, abriu o placar para o Fla: 1 a 0. O ritmo da partida diminuiu após o gol, mas já nos acréscimos o Athletico voltou a assustar. Márcio Azevedo cruzou na medida para Erick, que testou bonito para mais uma defesa do arqueiro carioca.

O Furacão voltou do intervalo disposto a buscar o empate e se lançou ao ataque logo nos primeiro minutos. A pressão dos visitantes funcionou e, aos 18 minutos, Marcelo Cirino fez valer a Lei do Ex e deixou tudo igual no marcador. Depois de ótimo trama entre Tomás Andrade e Braian, o atacante recebeu na boa dentro da área e estufou as redes do Maracanã. A reação paranaense não parou por aí. Aos 24, Marcelo Cirino cobrou pênalti com segurança marcando o segundo dele no jogo e colocando o Athletico em vantagem: 2 a 1. Atrás no placar, o Flamengo correu atrás do prejuízo e, já aos 44, Bruno Henrique aproveitou cruzamento na área para empatar o jogo. E ainda teve tempo para mais uma virada. De novo pelo alto, os cariocas chegaram ao terceiro gol com Rodrigo Caio, aos 51 minutos da etapa complementar. Após cobrança de escanteio, o zagueiro ganhou da marcação para garantir a vitória do Fla: 3 a 2.



Fale com a Redação

onze − 10 =