Cerca de 3 mil bombeiros militares de todo o Brasil participam nesta semana do XVIII Seminário Nacional de Bombeiros (Senabom) que acontece em Foz do Iguaçu. As atividades começaram nesta quarta-feira (21), com a presença do secretário de Estado de Segurança Pública do Paraná, delegado Júlio Reis; comandantes-gerais de Polícias e Corpos de Bombeiros Militares de todo o Brasil e do prefeito de Foz, Chico Brasileiro.

Uma comitiva da Guiana Francesa também participa, como forma de estreitar relações com o Brasil. “É um evento em favor da integração do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de todo o Brasil, a fim de reforçar ações conjuntas e aprimoramentos técnicos para a população”, disse o secretário Júlio Reis.

Organizado pelo Corpo de Bombeiros do Paraná, com apoio do Governo do Estado, o Senabom 2018 conta com palestras, apresentação de trabalhos acadêmicos, exposição de viaturas, equipamentos de proteção individual, trajes para combate a incêndio, escadas e outros dispositivos para o trabalho de bombeiros. Serão apresentados 55 artigos científicos. Mais de 400 atletas estão inscritos nas provas práticas. O evento reúne 20 binômios de cães e condutores de todos os estados do Brasil e representantes de outros países.

Também haverá provas técnicas (Competição Bombeiro de Aço, Certificação Nacional de Cães, Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático), e workshops. Na palestra de abertura, Kathleen Almand, vice-presidente de pesquisa da Associação Nacional de Proteção contra Incêndios, do Reino Unido, falou sobre o edifício Grenfell Tower, em Londres, destruído pelo fogo em 2017, acarretando 71 mortes. O foco foi o aprendizado e ações tomadas para se evitar novas tragédias.

SEGURANÇA 

A comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha, apontou que o Senabom é uma oportunidade para se discutir temas importantes de segurança pública, como uso de armamento pelas equipes, questões administrativas e operacionais da atuação dos policiais e bombeiros militares.

INTEGRAÇÃO 

O comandante-geral da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, coronel Mário Yukio Ikeda, disse que o evento proporciona aos comandos das corporações o contato com as novas tecnologias e procedimentos. “Temos o interesse técnico nos materiais e equipamentos expostos na feira e também a oportunidade de trocar informações, compartilhar ideias, de maneira que possamos crescer juntos, a nível nacional”, explicou. Para o Comandante da Escola Superior de Bombeiro da Polícia Militar de São Paulo, coronel Valdir Pavão, reunir policiais e bombeiros militares do Brasil todo faz com que haja discussões mais concretas sobre melhorias do serviço

PROVAS 

Como parte do Senabom, o CB do Paraná promove, desde o domingo (18/11), a prova Certificação Nacional de Cães com as equipes do Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Amapá, Goiás, Paraíba, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Tocantins e São Paulo. Também haverá o Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático, organizado pelo Corpo de Bombeiros do Paraná e pela Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa). As atividades acontecem quinta e sexta-feira, no Complexo Esportivo Costa Cavalcanti e no Iate Clube Lago de Itaipu.

HABILIDADES 

Para estimular a competitividade, a integração e testar as habilidades dos profissionais, o Corpo de Bombeiros paranaense promove, ainda, a competição Bombeiro de Aço. A competição conta com exercícios que simulam procedimentos operacionais, como arraste de mangueira e simulação de extinção de incêndio, subida de torre e resgate de vítima inconsciente. A prova será na quinta-feira, no estacionamento em frente ao Hotel Rafain Convention Center.

PRESENÇAS 

Participaram da solenidade de abertura o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Bonetti; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros da Bahia, presidente do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil e vice-presidente do Conselho Nacional de comandantes-gerais, coronel Francisco Luiz Telles de Macêdo; pelo presidente da Associação da Vila Militar, coronel Washington Alves da Rosa, e o presidente da Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Paraná (Assofepar), coronel Izaías de Faria.

Brasil e Guiana Francesa estreitam cooperação

A comitiva da Guiana Francesa que participa do Senabom é composta pelo vice-presidente municipal de segurança pública e por dois integrantes do Corpo de Bombeiros daquele departamento ultramarino da França.

O objetivo é estreitar relações. “Viemos ao Senabom para melhorar ainda mais a cooperação entre Brasil e França, para trabalhar questões em diversas áreas de competência do Corpo de bombeiros. É uma troca de experiências”, disse o tenente Zulemaro Sylvio, responsável pela cooperação entre Guiana Francesa e o Brasil.

Este intercâmbio vem sendo feito desde 2008, de acordo com o tenente. “É uma parceria muito boa e com muita dinâmica”, disse. Eles informaram que trabalham constantemente com o estado do Amapá, por ser a primeira fronteira da Guiana Francesa com o Brasil. Os integrantes da comitiva lembraram que muitos bombeiros de lá fazem formação sobre manuseio de produtos perigosos e também na área de saúde aqui no Brasil, e os daqui também vão para lá.