O Paraná retomou as competições escolares com a realização da 67ª edição dos JEPS (Jogos Escolares do Paraná) neste final de semana. Os últimos dias foram marcados pelas disputas presenciais do ciclismo, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, e do tênis de mesa, em Toledo, no Oeste. Somando as duas modalidades, 152 alunos-atletas participaram das provas.

As modalidades terão suas respectivas federações atuando com o apoio do Governo do Paraná na organização. A Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDE-PR) também é parceira.

Nos esportes individuais, as competições ocorrem em apenas um dia, sem necessidade de uso de alojamentos. Já nas coletivas, que duram dois dias, apenas as equipes classificadas para as semifinais ficarão alojadas. As desclassificadas voltam para seus municípios de origem no mesmo dia.

“Entendemos que o cenário não fácil e o desafio é enorme. Mas como o Paraná, pioneiro este ano na retomada dos eventos, seguimos acreditando que é possível nos adaptarmos às novas diretrizes, adotando os protocolos de segurança necessários para continuarmos proporcionando aos atletas os benefícios do esporte”, disse Kenji Saito, gerente executivo de desenvolvimento esportivo do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

A retomada segue todos os protocolos de medidas sanitárias e decretos vigentes, tanto estadual como os municipais.

Márcia Tomadon, coordenadora do Esporte Escolar no Paraná, comentou a respeito da segurança na prevenção à pandemia da Covid-19. Ela também reforçou a importância do retorno das atividades.

“O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação e do Esporte, com o suporte da Secretaria da Saúde, iniciou a realização dos JEPS seguindo os protocolos à risca. Todos os envolvidos no evento receberam máscaras e foram testados antecipadamente. Tivemos um número surpreendente de atletas que aderiram e se inscreveram para competir. Estamos a um ano e meio sem nenhum tipo de atividade esportiva. Tivemos uma gama de atletas que não puderam competir e acabaram perdendo a idade para representar sua escola e seu município”, pontuou Márcia.

CICLISMO – As competições do ciclismo foram realizadas em Araucária neste domingo (8), com início às 9h, e contaram com as provas de velocidade e de estrada em circuito. Foram 55 alunos-atletas inscritos na modalidade, que ainda contou com 20 dirigentes e 14 árbitros no evento. Na classificação geral, o Colégio Estadual Souza Naves, de Rolândia, foi o grande vencedor, levando o primeiro lugar em três categorias: 12 a 14 anos masculino e feminino, e 15 a 17 feminino.

Na categoria 15 a 17 anos masculino, vitória na classificação geral do Colégio Estadual Darcy José Costa, de Campo Mourão.

Nas disputas de velocidade, Laura Zenovelo (CE Souza Naves/Rolândia) e Gustavo Felipe dos Santos (CE Souza Naves/Rolândia) venceram a competição entre 12 a 14 anos. Ana Júlia Santos (CE Souza Naves/Rolândia) e Jaisson Bresolin (CE José Angelo Baggio Orso/Cascavel) levaram as disputas de 15 a 17 anos.

Nas provas de circuito, vitórias para Laura Zenovelo (CE Souza Naves/Rolândia) e Miguel Bessani (C Alfa Jr./Cascavel) nos 12 a 14 anos e título para Ana Júlia Santos (CE Souza Naves/Rolândia) e João Roberto da Silva (CE José Darcy Costa/Campo Mourão) nos 15 a 17 anos.

Mônica Braga, diretora técnica da Federação Paranaense de Ciclismo, deu crédito à parceria com a Superintendência do Esporte. “A gente não via a hora de recomeçar. A parceria com o Estado é importantíssima na busca de levar atletas de alto rendimento para níveis maiores. Precisamos fazer o esporte acontecer da base até a elite”, afirmou.