O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) começou a implementar um dos projetos mais importantes do órgão, o Detranzinho, que é uma minicidade que vai possibilitar noções reais de vivência de situações no trânsito a crianças, fazendo com que aprendam direitos e deveres nas vias.

“O projeto Detranzinho irá contar com uma estrutura de 5 mil metros quadrados de área com diversos itens que retratam nossas vias, calçadas, sinalizações, entre outros. As crianças terão a oportunidade de vivenciar e participar ativamente, aprendendo como agir no dia a dia do trânsito”, informa o diretor-geral, Wagner Mesquita.

Esta minicidade contará com quadras delimitadas por meio-fio, pistas de rolamento com sinalização vertical e horizontal com vias de sentido único e duplo de circulação, vias preferenciais e binários, travessia elevada, lombada, ciclovia, ciclorrota e rotatória. O espaço também terá guarita e estacionamento interno para ônibus, com acesso prioritário e acessível.

As obras devem começar ainda neste mês. A previsão de entrega é para esse segundo semestre.

Além do projeto Detranzinho em Curitiba, existem mais dois projetos no mesmo padrão para áreas de 800 metros quadrados e 1.300 metros quadrados, que foram desenvolvidos para serem implantados nas demais cidades do Estado. Há expectativa de lançamento entre o final desse ano e o começo do ano que vem.

OBRAS – Fora a minicidade, o cronograma de manutenções, reformas e obras do Detran conta com um total de investimento de aproximadamente R$ 3,2 milhões entre obras que já se encontram em andamento e as que estão em processo de assinatura de contrato.

As Ciretrans já contempladas foram Toledo, Cruzeiro do Oeste, Santo Antônio do Sudoeste, Faxinal, Curitiba, Prudentópolis, Jacarezinho, Maringá, Loanda, Porecatu, Sertanópolis, Londrina, Ribeirão Claro e Goioerê. As Ciretrans de Colorado e Foz do Iguaçu finalizaram suas reformas no primeiro semestre de 2021.

“O objetivo é melhorar a infraestrutura e dar melhores condições de trabalho aos nossos colaboradores e também mais conforto aos usuários. Muitas dessas unidades nunca passaram por obras e estavam em situação preocupante”, arremata Mesquita.

O investimento envolve instalações hidráulicas e sanitárias, instalações elétricas e pinturas em geral, além de implantação de atendimento único e adaptações de acessibilidade.

Conheça o projeto: