O presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Cascavel, Olavo Santos, recebeu por volta das 17h desta segunda-feira (26) o protocolo encaminhado pela presidência da Câmara, solicitando abertura de procedimento em torno de denúncia contra o parlamentar Damasceno Júnior, do PSDC. Uma ex-assessora aponta que, sob ameaça de demissão, devolvia parte do salário e levou o caso ao Gaeco e à direção do Legislativo. Olavo já solicitou que Damasco seja substituído como membro da Comissão de Ética.  O presidente Gugu Bueno deve informar nesta terça  (27) quem será o substituto. Depois disso, Olavo nomeará o relator e será marcada a primeira reunião de trabalho. Os demais componentes são Pedro Sampaio, Misael Júnior e Romulo Quintino.