COLUNAS

Coluna Juliano Gazola: Não seja julgado por juízes inúteis

15 de abril de 2022 às 07:25
Publicidade

Para nos apropriarmos de nós mesmos, devemos de verdade nos libertar de julgamentos.

É certo que exista o medo da manipulação, pois no ambiente em que vivemos tudo nos convida a dispersão.

O óbvio de nossa história, principalmente no Brasil. Pessoas dispersas são facilmente manipuladas. Contudo, ter uma personalidade sólida, resistente à mentalidade de massa, é responsabilidade nossa.

A característica do homem massa é aquele que busca o julgamento daqueles vulgares, daqueles que jamais olharam para alguém. O homem massa tem apreço pelo julgamento dos imbecis, dos inúteis, de alguém que jamais parou para pensar na sua vida.

Olhar para dentro de si, este é o primeiro passo a ser dado, e não procurar desvendar as partes ocultas da história, tampouco sair desesperado pesquisando sobre o que “eles” não querem que você tome conhecimento.

Olhar para sim, e não para os outros pode fazer uma grande diferença na sua vida. E tal olhar, deve, inicialmente, ser acompanhado de um belo sorriso.

Se você fica “tristinho” quando um amigo, colega seu pensa mal de você, se você age conforme as outras pessoas têm por certo e errado, como é que você de fato espera ter opiniões próprias, desprendido de influência alheia?

Tenho estudado e aplicado na Bioliderança®, para concluir que somente com uma personalidade muito forte, que estaremos livres de manipulações.

Será que você, nobre leitor, é oprimido pela pressão do ambiente, mesmo que em alguns momentos isto te agrade?

E de que forma você pode adquirir sua emancipação interior para, em algum momento, pensar com sua própria cabeça.

Existe uma grande possibilidade de você, quando adolescente, ter sonhado em não ser só mais um na multidão. Fique muito feliz com esta notícia que irei te dar, talvez em primeira mão.

Somente na vida adulta é que você poderá realizar este sonho, no entanto, é imperativo que você medite sobre esta pergunta que lhe faço:

Quem está no controle do que você sente, pensa e acredita? Você ou o julgamento das multidões?

Sem este mergulho em águas profundas, é bem provável que você se perca na multidão, e olha que não terá aquela moça de vestido vermelho para chamar sua atenção, como no filme Matrix.

Ser controlado pelos outros, tendo a sensação de ser um idiota, de ser injustiçado e desvalorizado intelectualmente pode lhe trazer uma grande dor de cabeça, literalmente.

Direto da fonte, mais precisamente em Provérbios 29.25 diz que “O temor do homem traz um laço, mas o que puser sua confiança no ­SENHOR estará a salvo”.

Um laço pode ser fatal e temor significa literalmente “puro terror”. Uma pessoa sábia não teme o homem mortal. Aquele que se deve temer é o Senhor, que tem poder para proteger ou destruir.

Busque o olhar misericordioso, manso de Deus. O homem que deseja romper o império da massa atingira o EU verdadeiro e não ser coisa.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE