A cota do PRTB

Partido do general Hamilton Mourão, o nanico PRTB quer ser gigante no Governo de Jair Bolsonaro (PSL) e não se contenta apenas com o cargo do vice-presidente. Na Esplanada, anseia por um ministério que trate de infraestrutura. Por ora, nada concreto, mas o clima está tenso nos corredores dos gabinetes da transição entre os representantes do partido e o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), a quem cabe a divisão do bolo que se promete técnico na gestão.

Vai dar cana

Quinze anos se passaram do cruel assassinato de três fiscais do Trabalho e motorista em Unaí (MG) e a 4ª Turma do TRF 1 ainda julga recursos dos quatro mandantes.

Cinquentona

A Receita Federal chega hoje aos 50 anos com avanços, feitos e defeitos. A despeito da arrecadação bilionária que ajuda nos cofres do governo, é capaz, vez ou outra, de deixar seu serviço telefônico (146) desligado ou ineficiente. Aos 50, o órgão ainda tem o peso de fazer do Brasil um país altamente burocrático na questão de (altos) impostos.

É do Brasil

O Brasil é um dos países do mundo onde os empresários perdem mais tempo e dinheiro para cumprir as obrigações tributárias. São quase 2 mil horas por ano e R$ 60 bilhões em desperdício, segundo dados do Doing Business do Banco Mundial.

Cosa nostra

Um gargalo que a Receita deve remediar é o desdém – ou falta de pessoal, em especial – em relação a atividades ilegais e lavagem de dinheiro; e a “cegueira” em operações de mais de 6 mil pessoas blindadas de fiscalização dos auditores, as chamadas PPEs – Pessoas Politicamente Expostas. É coisa nossa, vergonhosa.

Marisa, por Lula

Enquanto tenta traçar nova defesa ao lado dos advogados no processo sobre o sítio de Atibaia, o ex-presidente Lula da Silva se debruça sobre um escrito muito pessoal. Antes de seu depoimento, em Curitiba, disse a amigos que vai escrever um depoimento sobre dona Marisa Leticia, a falecida esposa.

Bastidores do lar

O material irá para o livro sobre a ex-primeira-dama que o jornalista Camilo Vannuchi conclui. O biógrafo entrevistou funcionários do Instituto Lula, entre eles o chefe da segurança do ex-presidente, Moraes, que conviveu perto da família e presenciou bastidores da relação do casal.

Da arquibancada…

"O esporte já era o patinho feio do governo federal e agora será o patinho horroroso", reclama o ex-craque Afonsinho, ao lamentar a inexistência de um plano para o atual ministério, que será secretaria na futura administração do presidente Bolsonaro.

… e em campo

Afonsinho, Paulo César Caju e Nei Correia, protagonistas do documentário de Lúcio Branco, “Barba, Cabelo e Bigode”, lançaram ontem o livro sobre o filme na Festa Literária de Paquetá (RJ).

Sempre ele

Eduardo Suplicy cantou o clássico “Sodade”, de Cesária Évora, ao fim de um congresso de língua portuguesa em Cabo Verde no sábado. Para desespero da plateia. Mas se salvou, muito aplaudido, ao recitar versos de Fernando Pessoa.

Imortais

A direção da ABL marcou para o dia 14 de abril a data da posse do cineasta e novo imortal eleito Cacá Diegues, que ocupará a vaga de Nelson Pereira dos Santos.

Imortais 2

A eleição para a escolha do futuro ocupante da cadeira que pertenceu ao sociólogo Hélio Jaguaribe será dia 14 de março. O mais cotado é Inácio de Loyola Brandão.