O que era para ser legal, evitar problemas e trazer um pouco mais de justiça ao futebol está conseguindo causar ainda mais polêmicas.

A cada rodada do Brasileirão, temos ao menos um jogo tendo problemas com os árbitros que fazer a análise das imagens. Demorar para decidir não é o problema. A questão é decidir errado.

Pior, ainda, é o que aconteceu na noite de quarta-feira no jogo de São Paulo e Ceará. Uma sequência de interferências erradas e que causaram transtornos e vão, certamente, causar uma “geladeira” para os envolvidos.

O VAR se meteu em uma decisão correta do assistente em campo, induziu o árbitro ao erro e, depois que a bola voltou a rolar, decidiu voltar atrás e acatar a marcação do primeiro momento.

Além de não resolver um possível “erro de ato”, os homens do vídeo ainda criaram um “erro de direito” que pode fazer com que o jogo seja anulado.

Acredito que boa parte desses erros poderia ser evitada se tivéssemos árbitros de vídeo especializados. Hoje são árbitros do campo adaptados à escala.

Na Europa, já se percebeu essa deficiência e começamos a ter os especialistas em vídeo, além da cultura de entendimento por lá ser um bem diferente da nossa.

Logo entraremos na fase decisiva do campeonato, com cinco ou seis times tendo chance de conquista. É bom a máquina começar a funcionar.

 

Água

Está cada vez mais baixo o nível de água no Lago Municipal de Cascavel. Para os atletas que treinam ali, o estreitamento do espelho da água já é prejudicial. Pior é que tem muita gente que ainda não entendeu a necessidade de poupar. Quando a água acabar, não vai adiantar você ter $$. Tenho visto galera nas garagens de venda de carros lavando todos os carros todos os dias. Desperdício que pode custar caro daqui a pouco.

 

Tumulto

Como era de se esperar, foi bastante tumultuado o velório de Maradona, pelo menos do lado de fora da Casa Rosada. Por várias vezes a polícia teve que intervir. No lado de dentro, houve todo o time de manifestações, com choros, gritos de torcida, selfies e muito mais em frente ao caixão.

 

Lindo

As homenagens foram lindas e significativas. De todas as que vi, elegi duas. A primeira é a troca de cores no Beira-Rio, que ficou azul e branco por algum tempo. Quem acompanha o futebol gaúcho sabe o que essas cores representam, o que faz a homenagem ser mais forte. E a outra foi a do Boca Juniors, time do coração de Maradona. Tudo se apagou em La Bombonera, menos o camarote no qual ele assistia aos jogos. Imagens lindas.

 

Taça

Para surpresa de muita gente, o vôlei feminino de Foz do Iguaçu garantiu o título do Campeonato Paranaense Adulto de Vôlei com uma campanha invicta e com vitória na final sobre a favorita Amavôlei/ Maringá. Cascavel também teve um bom papel no campeonato, marcando um processo de reestruturação. Por conta da pandemia, a competição teve apenas seis equipes e durou menos de 30 dias.