Nasr inicia em Daytona a defesa do título do IMSA

O brasileiro Felipe Nasr está pronto para iniciar neste sábado e domingo a defesa do título do IMSA WeatherTech SportsCar Championship com o Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R nº 31. A temporada começa com a tradicional 24 Horas de Daytona, onde Nasr foi o segundo colocado na temporada passada, na dobradinha da equipe Action Express Racing.

Este ano, em sua segunda temporada na categoria, o piloto quer mais e nessa briga vai contar com o compatriota Pipo Derani e o norte-americano Eric Curran, com quem conquistou o título de 2018. No entanto, este ano Curran fará apenas as provas de longa duração. “Daytona é uma corrida que está na minha lista daquelas que almejo vencer. Tenho certeza de que o Eric e o Pipo também estão muito animados para isso também”, declarou Nasr, que está com 26 anos.

O segundo lugar em Daytona em 2018 foi o primeiro de cinco pódios na temporada para Nasr e Curran e abriu as portas para a conquista do título. Um momento decisivo para isso também foi a vitória em Detroit. Além do primeiro lugar no geral, a equipe ainda faturou o Campeonato Norte-Americano de Endurance, que inclui Daytona, Sebring, Watkins Glen e Road Atlanta.

Os treinos em Daytona terão início amanhã, com a definição do grid. No sábado, a largada da prova está prevista para as 14h35 (local, 17h35 de Brasília).


Barella inicia a preparação para o Brasileiro de Kart

Morador de Cianorte, no Paraná, o piloto Mateus Barella (Bünjo/Foortgreen) está a pouco mais de 200 quilômetros de Cascavel, cidade que receberá a 54ª edição do mais importante evento do kartismo nacional, o Campeonato Brasileiro, que deverá reunir mais de 500 pilotos em julho.

Piloto da equipe Leme Competições e utilizando motores preparados por Renato Tibola, que têm sua sede também em Cascavel, Barella tem pelo menos três boas razões para dedicar de forma integral o primeiro semestre para sua preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro.

“É o Campeonato Brasileiro, minha equipe é de Cascavel, meu preparador de motores também, então o foco total em nosso mais importante evento é plenamente justificado”, explica Mateus Barella, que desde o último dia 5 já se dedica a esta forte preparação para lutar pelo menos por um pódio na mais difícil competição do kartismo brasileiro em duas categorias, Graduados e Codasur.

“São duas das mais importantes categorias e o treinamento será intenso, não só no aspecto técnico como também na parte física”, ressalta Mateus Barella (Bünjo/Foortgreen). “Além disso, queremos nos preparar para o Campeonato Sul-Americano, a Copa Brasil e a Copa São Paulo Light, que disputaremos ao longo do ano. Então tudo terá que ser muito bem planejado e realizado de forma intensa”, finaliza Barella.

Mateus Barella irá disputar as categorias Graduados e Shifter no Campeonato Brasileiro, em Cascavel


Arrancada

Quem gosta de arrancada terá no próximo domingo o primeiro grande evento do ano no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel. Será a etapa final do Campeonato Metropolitano do ano passado. As provas serão nas categorias carros e motos.

Weirich

Eduardo Weirich, bicampeão da categoria Turismo C no Metropolitano de Cascavel (2017 e 2018), ainda não definiu o que fará nesta temporada. O piloto de Marechal Cândido Rondon terá que subir de categoria, podendo ir para a Turismo I, mas também pode optar pela categoria Marcas B.

Treinos

A maratona de treinos no Kartódromo Delci Damian recomeça hoje. Até domingo devem treinar pilotos de várias cidades do Paraná e de outros estados. Pato Branco terá uma das maiores delegações.

Caio Collet no Renault Academy

O paulista Caio Collet irá integrar o Renault Sport Academy nesta temporada. O paulista de 16 anos conquistou o título do Campeonato Francês de Fórmula 4 no ano passado, vencendo 7 das 21 provas. Outra importante conquista no início de 2018 foi o prêmio Windfield Volante. Nesta temporada, Caio participará da Fórmula Renault Eurocup em 2019, devendo competir em nove circuitos de Grandes Prêmios de F-1, como em Mônaco, em maio, e no Circuito Yas Marina de Abu Dhabi, que já é bem conhecido de Caio, onde ele venceu sua primeira corrida em monoposto em fevereiro do ano passado.