Enduro define campeões em Guarapuava

O Campeonato Paranaense de Enduro FIM teve sua grande final realizada domingo em Guarapuava. Lolo Anton foi o destaque de 2018, mantendo-se invicto na categoria E1, carimbando seu oitavo título estadual. Os demais campeões foram Daniel Zarpelon (E2), Fernando Spindler (E35), Romeu Eurich (E45) e Osvaldo Gallo (E4). 


Stock Car tem pódio 100% paranaense

Em dia histórico e decisivo, a Stock Car encerrou domingo a temporada 2018. A última etapa da temporada teve um pódio 100% paranaense e apontou o paulista Daniel Serra como campeão da temporada, tornando-se bicampeão da categoria.

O domínio paranaense teve o curitibano Ricardo Zonta como vencedor. O também curitibano Julio Campos conquistou o segundo lugar e o pato-branquense Gabriel Casagrande ficou em terceiro.

Daniel Serra chegou em quarto e conquistou o título. Comemorando o bicampeonato, ele comentou a disputa: “Foi muito tenso, porque você nunca sabe o que pode acontecer. Tem coisa que a gente não controla. Nos preparamos da maneira mais minuciosa possível, com um carro bem conservador para chegar ao fim”, lembrou Serra. “Fui sofrendo um pouco com o desgaste de pneu, mas a gente fica nervoso: durante a corrida eu achei que o pneu furou umas seis vezes, de tão tenso que a gente fica. Muito nervosismo, mas sempre controlamos sabendo onde o Felipe [Fraga] estava, controlando o uso dos botões de ultrapassagem, mas estou muito feliz”, disse.

O piloto de 34 anos soma dois títulos, contra três de seu pai, Chico Serra, tricampeão nos anos de 1999, 2000 e 2001. “Eu nunca pensei nos números do meu pai, mas ter conseguido dois títulos consecutivos – e ele venceu três – foi legal. Se eu conseguir chegar perto do que o meu pai fez, a minha carreira terá sido muito bem-sucedida”, concluiu o novo bicampeão da Stock Car.

Vice-campeão de 2018, Felipe Fraga cumpriu a promessa de lutar até o fim e fez uma corrida impecável, partindo do 18º lugar para chegar em quinto. E fez um resumo da temporada: “Foi um campeonato muito bom. Estou feliz porque, como piloto, a minha performance melhorou. Mesmo eu não tendo sido campeão, acho que sou um Felipe melhor do que em 2016 e melhor ainda que em 2017. É uma pena, faltou pouco”. E elogiou o adversário; “O título está em boas mãos, sem dúvida, mas vamos trabalhar ainda mais no ano que vem. Estarei com a mesma equipe, que é a equipe perfeita. Este ano muita coisa saiu do nosso controle e isso tirou a gente de estar em uma disputa mais mano a mano. Temos que dar o mérito para o Daniel e para a equipe dele. Trabalharemos mais para o ano que vem, acertaremos os erros e os detalhes para vir com tudo de novo”, fechou Felipe Fraga.

 

Classificação final do campeonato
Pos. Pilotos Pontos
1º) Daniel Serra 338
2º) Felipe Fraga 310
3º) Júlio Campos 252
4º) Rubens Barrichello 242
5º) Max Wilson 210
6º) Átila Abreu 208
7º) Marcos Gomes 202
8º) Ricardo Zonta 184
9º) Cacá Bueno 172
10º) Gabriel Casagrande 155
11º) Thiago Camilo 134
12º) Lucas di Grassi 127
13º) César Ramos 74
14º) Diego Nunes 66
15º) Nelson Piquet Júnior 65
16º) Rafael Suzuki 61
17º) Allam Khodair 61
18º) Ricardo Maurício 54
19º) Lucas Foresti 49
20º) Felipe Lapenna 46
21º) Antonio Pizzonia 44
22º) Vitor Genz 43
23º) Denis Navarro 23
24º) Bia Figueiredo 21
25º) Guga Lima 17
26º) Bruno Baptista 16
27º) Gaetano di Mauro 14
28º) Valdeno Brito 13
29º) Esteban Guerrieri 13
30º) Sérgio Jimenez 10 
 

Julio Campos, Ricardo Zonta e Gabriel Casagrande, o Paraná no topo da Stock Car/ Foto: Divulgação 

Daniel Serra comemora com o preparador Meinha e o filho o título de bicampeão da Stock Car/ Foto: Divulgação 

Fórmula E

A temporada 2018/2019 da Fórmula E (carros elétricos) começa no próximo sábado, com a realização do GP da Arábia Saudida, em Riyadh. As demais etapas serão em 12 de janeiro, Marrakech; 26 de janeiro (a ser confirmado); 16 de fevereiro, Cidade do México; 10 de março, Hong Kong; 23 de março, China (a ser confirmado); 13 de abril, Roma; 27 de abril, Paris; 11 de maio, Mônaco; 25 de maio, Berlim; 9 de junho, Zurique;  e 13 e 14 de julho, Nova York.

Felipe Massa

O brasileiro Felipe Massa será a principal novidade e deve ser a grande estrela da Fórmula E para a temporada que se inicia sábado. Ele vai correr pela equipe Venturi. Outros dois brasileiros também disputarão a categoria. Lucas di Grassi continua na Audi, e Nelsinho Piquet permanece na Jaguar Racing.

Sandro Suptitz

O piloto cascavelense Sandro Suptitz comemora mais um resultado expressivo no rali. Domingo ele conquistou o terceiro lugar da categoria RC4 no Campeonato Gaúcho de Rali de Velocidade. A etapa final foi disputada em Marcelino Ramos. Suptitz disputou a última etapa com o navegador cascavelense Robson Schuinka, que não participou de todas as etapas e não concluiu o campeonato na mesma colocação.