Novos deputados
O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) determinou a anulação dos votos recebidos pelo deputado Delegado Francischini (PSL). Diante da decisão, o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), realizou a convocação dos deputados suplentes. Além de Francischini, também deixam a Assembleia os deputados Emerson Bacil (PSL), Do Carmo (PSL) e Cassiano Caron (PSL). Assumem as vagas Adelino Ribeiro (Patriotas), Nereu Moura (MDB), Elio Rusch (DEM) e Pedro Paulo Bazana (PV). Os novos parlamentares deverão assumir os mandatos na segunda-feira (08).

 

Foto: Alep

 

Paraná imunizado
O Paraná é um dos estados com maior percentual de população imunizada com segunda dose ou dose única. De acordo com o consórcio dos veículos de imprensa, 58,56% da população está completamente protegida contra as formas mais graves da doença. Em primeiro lugar está São Paulo (67,74%), seguido por Mato Grosso do Sul (64,45%), Rio Grande do Sul (60,98%) e Santa Catarina (58,80%).

 

Sem concorrência
O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) afirmou que a falta de concorrência das novas concessões de rodovias no Brasil é muito preocupante e desmonta a tese do governo federal da participação de novos grupos e consórcios na licitação. As duas maiores disputas neste ano só tiveram a participação de dois grupos nacionais. “Sem concorrentes externos, novos pedágios têm velhas concessionárias”, pontuou. As duas licitações a que se refere Romanelli foram realizadas pelo governo federal pelo chamado modelo híbrido e abrangem a BR-153, entre Goiás e Tocantins, e a BR-116, entre o Rio de Janeiro e São Paulo (Rodovia Presidente Dutra).

 

Pedágio
As principais rodovias do Paraná terão tráfego gratuito por cerca de um ano a partir de 28 de novembro. Isso porque o governo federal adiou, no último dia 10, o cronograma para assinatura dos novos contratos de concessão de estradas do chamado “anel de integração” paranaense. Esses contratos seriam firmados no segundo trimestre do ano que vem. Após o adiamento, divulgado pelo site da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), ele só deve ser assinado no último trimestre de 2022.

 

Cancelas abertas
Já os contratos ainda em vigor, firmados em 1997, durante a gestão do então governador Jaime Lerner, expiram no mês que vem. O atual governador Ratinho Júnior (PSD) já declarou que, assim que eles perderem a validade, as cancelas de pedágio serão abertas. “Esse formato que tanto mal fez ao estado não fica um segundo a mais no Paraná”, afirmou Ratinho, em entrevista à imprensa em maio, lembrando de obras não concluídas pelas concessionárias e de casos de corrupção nos quais as empresas se envolveram.

 

Monitor da Violência
Nos primeiros nove meses de 2021, o Paraná registrou redução de 11,21% no total de assassinatos, na comparação com o mesmo período do ano passado. Entre janeiro e setembro deste ano, 1.417 foram assassinadas em casos de homicídio doloso, roubo seguido de morte (latrocínio) e lesão corporal com morte. No mesmo período de 2020, foram 1.596 vítimas.

 

Indecisão
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, após receber título honorário na cidade italiana de Anguillara Veneta, que três partidos o querem como filiado, “fico muito feliz. São três namoradas, vamos assim dizer. Duas vão ficar chateadas. O PRB (antigo nome do Republicanos), o PL e o PP, e cada dia um está na frente na bolsa de apostas. Agora, iria para o PL; ontem, iria para o PP”, disse ele.