Proposta alternativa

O senador Alvaro Dias defendeu o pagamento do Auxílio Brasil, porém por meio de uma proposta alternativa, elaborada pelo Podemos juntamente com economistas, que oferece fontes de recursos que viabilizam o benefício sem furar o teto de gastos ou dar calote no povo brasileiro. A proposta utiliza, por exemplo, recursos que eram destinados pelo governo para pagar “emendas de relator”, conhecidas como “orçamento secreto”.

 

Proposta alternativa II

“Alvaro Dias destacou ainda que a desarrumação das contas públicas “promove o aumento do endividamento do país, e a dívida pública que já cresce de forma avassaladora será incontida, provocando alta de taxas de juros, inflação, recessão e mais desemprego”. “Somos favoráveis ao Auxílio Brasil sim, permanente. Mas somos contrários a furar o teto de gastos e dar calote nos brasileiros”, ressaltou Álvaro Dias, líder do Podemos.

 

Coop+10

O Sistema Ocepar promove, nesta quinta-feira (25/11), o Fórum de Educação Política, em conjunto com o Sistema OCB. De acordo com os organizadores, além de debater as perspectivas político-econômicas, considerando as eleições de 2022, o evento também marca o início das atividades do Programa de Educação Política parana.coop+10, iniciativa do Sistema Ocepar lançada em 2018, cujo objetivo é sensibilizar o público cooperativista para o exercício do voto consciente. O Fórum de Educação Política é dirigido a diretores, executivos e agentes das cooperativas do Paraná. A inscrição pode ser feita no site do Sistema Ocepar.

 

Vice-presidência

O deputado estadual Delegado Fernando Martins (PSL) foi eleito 3º vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Paraná. O parlamentar, que está em seu primeiro mandato, foi eleito com 46 votos favoráveis. “Assumo com bastante honra e com bastante dedicação e espero poder contribuir bastante com os trabalhos da Assembleia e com o meu estado Paraná”, afirmou o novo 3º vice-presidente da Assembleia. A Mesa Diretora do atual biênio tomou posse em 1º de fevereiro deste ano. Devido à cassação do mandato do deputado estadual Fernando Francischini (PSL) e anulação de votos, outros três deputados estaduais também deixaram suas funções no Legislativo, entre eles Do Carmo, que ocupava a 2ª vice-presidência.

 

Contas 2020

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) marcou para o dia 1º de dezembro a sessão de julgamento do Parecer Prévio sobre as contas de 2020 do governador Ratinho Júnior. A sessão extraordinária será realizada por videoconferência, terá início às 14 horas do dia 1º, com transmissão ao vivo pelo canal do TCE-PR no YouTube. O relator do processo será o conselheiro Durval Amaral. O Parecer Prévio emitido pelo TCE-PR será encaminhado à Assembleia Legislativa do Paraná. A legislação determina que cabe aos deputados o julgamento das contas do chefe do Poder Executivo estadual.

 

Crises hídricas

O deputado federal Gustavo Fruet (PDT-PR) apresentou na Câmara dos Deputados, projeto de Lei para instituir um conjunto de medidas destinadas a elevar a racionalidade e a eficiência no uso da água. O objetivo é preparar o país para o enfrentamento de crises hídricas, como a que assola a regiões Sul e Sudeste em 2021. “Está cada vez mais claro que a atual situação de crise hídrica que estamos enfrentando nas regiões Sul e Sudeste pode se tornar cada vez mais recorrente. Portanto, é fundamental prepararmos o país de modo a minimizar futuros eventos e suas consequências”, explica Fruet.