Prova já tradicional no calendário dos corredores e praticantes do pedestrianismo de toda a região, a etapa cascavelense do Circuito Sesc de Caminhada e Corrida de Rua terá novidades na edição deste ano, marcada para ocorrer no dia 16 de setembro.

O evento foi lançado ontem, no Sesc Cascavel, e o técnico de atividades da unidade, Daniel Augusto Brun Bebber, comentou sobre as mudanças.

“A principal delas é o novo trajeto. A prova deixa de ser realizada na Avenida Tancredo Neves e vem para a Avenida Brasil, priorizando a revitalização que a deixou muito mais bonita e também os comerciários da região e a nossa unidade, que é a casa da prova. Então, a ideia é trazer o pessoal para dentro do Sesc, para conhecer a estrutura e os serviços que oferece”.

Este ano, a largada será da Rua Santa Catarina, aos fundos do Sesc, com os competidores subindo a Rua Carlos de Carvalho até a Avenida Brasil e de lá seguindo até a Praça da Bíblia, onde farão o retorno e voltarão até a Rua 7 de Setembro, fechando o circuito no ponto de largada.

Já as distâncias seguem as mesmas das últimas edições: corridas de 5 km e 10 km e a caminhada da família com 4 km, para todos os públicos.

 

Inscrições a R$ 15 e R$ 30

Outra novidade para este o é o valor das inscrições, que estão mais acessíveis. Elas podem ser feitas com 50% de desconto até o fim deste mês, pelo site www.sescpr.com.br/circuito: R$ 15 para comerciário e R$ 30 para o público geral. A partir de setembro, os valores serão R$ 30 e R$ 60, respectivamente. Já para a caminhada as inscrições são gratuitas, mas ainda assim devem ser feitas pelo site.

 

No calendário nacional

Além das novidades para este ano, o Sesc Cascavel terá outras para 2019. É que no ano que vem a etapa cascavelense passará a fazer parte do Circuito Nacional do Sesc, além de permanecer como uma das 24 etapas estaduais. “terá um layout novo, com o retorno de categorias e um novo formato, apesar de já estar trazendo algumas novidades para este ano. A principal mudança no ano que vem é que a prova sairá dos 5 km e 10 km para ser 6 km e 12 km. Fora a visibilidade, a estrutura da prova vai ser maior, com verba do departamento nacional”, antecipa o técnico de atividades do Sesc Cascavel, Daniel Augusto Brun Bebber.