Guaraniaçu – A comissão executiva estadual do Cidadania23 decidiu esta semana pela dissolução de 45 diretórios municipais por todo o Paraná por não terem apresentado candidaturas ao curso obrigatório de formação política de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Dentre eles, quatro são do oeste: Anahy, Guaraniaçu, Missal e Santa Tereza do Oeste.

“O nosso partido não foi criado para ficar na gaveta e ser um balcão de negócios. Um partido que não mostra a cara e não apresenta para a sociedade ideias, nomes preparados e projetos consistentes não possui razão para existir. No Cidadania23, não compactuamos com tal atitude”, argumenta o vice-presidente estadual da sigla, Hélio Wirbiski.

O secretário-geral do Cidadania23 Paraná, deputado Douglas Fabrício, acrescentou: “O partido político é uma instituição em que podem participar todas as pessoas, de todas as classes sociais e de todas as categorias profissionais, sempre com um objetivo principal, organizar-se e preparar-se para as eleições oferecendo à comunidade os melhores quadros para a população escolher. Agora temos a eleição mais importante, a municipal. É nela que elegemos vereador, prefeito e vice-prefeito e o nosso partido, o Cidadania23, sempre primou por essa missão, por isso essa reformulação é necessária”.