Chefe da equipe brasileira de boxe diz estar tranquilo com as lutas da Rio-2016

A cinco dias das primeiras luta nos Jogos Olímpicos, o boxe se viu alvo de um escândalo. Segundo o jornal inglês “The Guardian”, os resultados do torneio olímpico podem ser manipulados por juízes envolvidos em um esquema de corrupção.

Unimed

A manipulação envolveria uma rede de árbitros pronta para favorecer determinados atletas e ainda contaria com a particpação da Associação Internacional de Boxe (Aiba).

O chefe da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos, o cubano Otilio Toledo, disse estar tranquilo com os resultados do boxe na Olimpíada. Ele não crê em manipulação durante a competição.

– Não me preocupo com nada. Não acredito que possa haver manipulação. Estou tranquilo. O julgamento de 99% dos árbitros tem sido correto e em 100% das lutas sempre ganhou aqueles que foram apontados por todos como o melhor – disse.

Otilio garante ser difícil a manipulação de lutas de boxe, pois, pelo regulamento da competição, é possível pedir a revisão de um combate.

– Pelo regulamento, se uma luta for mal julgada, você tem o direito de pedir a revisão da decisão.

Otilio contou que já soube de casos de manipulação de resultados no passado, mas não crê que isso aconteça hoje.

– No Mundial de 1999 os cinco juízes foram suspensos (na final). Fala-se de um caso em Seul, em 1988. Mas manipulação (hoje), eu não .

Unimed

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação