Cascavel – Gigante do salonismo paranaense que inicia 2019 com técnico novo após mais de 20 anos, o Cascavel Futsal desde ontem à noite tem seu comandante à frente dos trabalhos. Ex-Joaçaba, Cassiano Klein já está no Oeste do Paraná para se reunir em definitivo com a comissão técnica cascavelense, que além do treinador Nei Victor, não contará com o preparador físico Antônio Carlos “Soda” em relação à comissão técnica do ano passado.

O profissional por condicionar os atletas cascavelenses nesta temporada é Márcio “Batuta” Ferreira, que acumula experiência no salonismo português e russo, além do gaúcho, no País. Já a supervisão técnica segue a cargo de Paulo Rocha, o Português, enquanto Gilmar Costa, o Gilmarzinho, segue na preparação de goleiros e Benedito Alves de Lima, o Mangaba, segue como massagista.

Cassiano ainda deverá contar com um auxiliar técnico, que será indicado por ele mesmo já em terras cascavelenses, depois de conversas com os demais integrantes da comissão técnica e da diretoria.

Para o grupo de jogadores, o Cascavel Futsal anunciou a contratação de 13 reforços: os goleiros Alê Falcone (retorno de Portugal), Barack (Corinthians) e Thiago (Barueri); os fixos Gustavo Saraiva (APF) e Wilsinho (Atlântico); os alas Rabisco (Peñíscola Rehabmedic/ESP), Pedala (Uruguaiana), Deivão (Assoeva), Humberto (APF), Parrel (Marechal) e Edimar (Joaçaba); e os pivôs Roni (APF) e Diego (Joaçaba). Já as renovações ficaram por conta do fixo Issamu, dos alas Adeirton e Madson e do pivô Jorginho. Eles se apresentarão na semana que vem para o início da pré-temporada, no dia 15 (terça-feira).