COTIDIANO

Cascavel: Previsão aponta mais “pancadas de chuva”

12 de abril de 2022 às 09:52
Publicidade

Cascavel – A segunda-feira (11) foi marcada por um grande volume de chuva. O tempo “fechado” superou a previsão dos meteorologistas, que apontava para quase 20 mmde água em Cascavel, sendo registrados 39,2 mm. A expectativa para o mês é de 125 milímetros de precipitação acumulada. A chuva de ontem veio acompanhada de ventos fortes e raios, o que resultou em alagamentos, quedas de árvores, como ocorreu na Rua Londrina, no Bairro São Cristóvão, e interrupção temporária de energia elétrica. A USF (Unidade Saúde da Família) do Bairro Cascavel Velho ficou alagada devido a grande quantidade de água.

A previsão do tempo para hoje (12), conforme o Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná) é de precipitação acumulada de 16,1 milímetros de água, e com rajadas de vento que podem chegar a 66 km/h. As temperaturas devem variar entre 20ºC e 23ºC.

Segundo o meteorologista Lizandro Jacóbsen, o tempo continua bastante instável hoje no Paraná. Uma frente fria segue atuando na altura do Sul do Brasil, por isso chove em vários setores a qualquer momento do dia. “No Oeste e Sudoeste paranaense a chuva deve ser bastante expressiva. Há risco também de tempestades em outras regiões do Estado, com descargas atmosféricas, ventos fortes e até mesmo precipitação de granizo”, destaca.

 

ATENDIMENTOS

A Defesa Civil recebeu 14 chamados, a maior parte deles vindo de moradores da Região Norte da cidade, e distribuiu mais de 400 metros de lona. Felizmente não foi necessário desabrigar ou desalojar nenhuma família. De acordo com Márcio Ribeiro, coordenador da Defesa Civil, um dos chamados ocorreu em um prédio público. “Um dos atendimentos foi na UPA Brasília. Ao chegar lá, percebemos que a situação era simples. Houve uma infiltração leve por conta de algum problema no telhado, o qual seria verificado pela equipe de manutenção da Secretaria de Saúde”, explicou, complementando que “o fato não provocou nenhuma alteração no atendimento da UPA e não representou risco para a população e para os servidores”.

No caso de emergência, a população deve ligar para a Defesa Civil no telefone 199, ou para o Corpo de Bombeiros no 193.

 

OUTRAS CIDADES

De acordo com a Defesa Civil de Foz do Iguaçu, durante o vendaval de ontem (11), foi registrada a precipitação média de 54,2 mm , a partir dos pluviômetros automáticos do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais). O pico da precipitação foi por volta das 6h da manhã. As rajadas de vento chegaram a 40 km/h na região do Aeroporto, conforme dados fornecidos pelo Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Foz do Iguaçu. A precipitação, aliada aos ventos, causou a queda de cerca de 20 árvores e também de galhos nas vias públicas, que atingiram algumas residências, padrões de energia e a rede elétrica.

 

Foto: Secom

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE