A 35º Cascavel de Ouro, que será disputada no próximo domingo no Autódromo Zilmar Beux, com a categoria Gold Classic, terá publico (pela primeira vez desde que surgiu a pandemia do coronavírus) e TV aberta.

Com a presença dos torcedores no autódromo liberada em número limitado a 2.000 pelas autoridades de Cascavel, o evento será transmitido para todo o Brasil pela TV Cultura a partir das 13h do domingo. O canal de YouTube Auto+ mostrará todas as corridas da programação ao vivo. A geração de imagens estará a cargo da Master TV. Serão duas corridas com os carros das divisões 1 e 2 da Gold Classic, valendo a 2ª Cascavel de Prata, e outras duas das divisões 3 e 4, colocando em disputa a 35ª Cascavel de Ouro.

Cascavelenses

O automobilismo cascavelense será representado por cinco pilotos na 35ª Cascavel de Ouro. Os irmãos Juliano e Heverson Bastos, inscritos na classe GT & Protótipos da Divisão 3, estarão no grid revezando a pilotagem do Aldee-VW número 45 da Caus Motorsport. Thiago Klein e Odair dos Santos formarão dupla na Divisão 4/Premium, com o GM Omega número 74 da Paraguay Racing. Eles venceram a Cascavel de Ouro duas vezes, em 2016 e 2020, nesta última tendo como parceiro o pernambucano Beto Monteiro.

O quinto cascavelense no grid será Luc Monteiro, com o GM Opala número 66 da catarinense Reuter Competições/Careca Competições. “Está tudo certo para correr. Só não sei se vou ter tempo para isso”, diz Monteiro, que é organizador da Gold Classic e promotor da 35ª Cascavel de Ouro.

 

 

 

 

 

Crédito: Sérgio Sanderson