Thiago Camilo na corrida 1 e Átila Abreu na 2 foram os vencedores da quinta etapa da Stock Car Pro Series, disputada domingo no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel. Mas o grande nome da prova foi o paranaense Gabriel Casagrande. O piloto de Pato Branco foi o terceiro colocado nas duas provas e, com um Chevrolet Cruze, foi o maior pontuador do domingo. Ele mantém a vice-liderança do campeonato, agora com 156 pontos, ficando a apenas quatro pontos do líder Daniel Serra. A terceira posição na classificação é de César Ramos, com 143 pontos, seguido por Ricardo Zonta (141), Diego Nunes (128) e Átila Abreu (127). No campeonato de equipes, a Eurofarma-RC (de Serra e o atual campeão Ricardo Maurício) lidera com 273 pontos. A seguir estão a Ipiranga Racing (Camilo e Ramos), com 255, e a RCM Motorsport (Zonta e Bruno Baptista), com 249. A Shell V-Power, do vencedor Abreu e Galid Osman, ocupa o sétimo lugar, com 169 pontos.

Aos 26 anos, Casagrande passa a somar 21 pódios com os dois terceiros lugares conquistados em Cascavel. “Eu cheguei aqui pensando em pontuar ao máximo nas duas provas, o importante era pensar no campeonato”, disse ele. “Foi importante chegar na frente do Daniel (Serra) nas duas provas, pois, assim, eu reduzi em 11 pontos a vantagem que ele tinha. Claro que tem muito mais gente brigando pelo título, mas, no momento, ele é o líder e então era o parâmetro do momento. Vou para Curitiba agora pensando em manter essa performance, o que é muito difícil, mas a gente vai tentar”, completou o vice-líder da classificação, referindo-se à próxima etapa da Stock Car, dia 1º de agosto, na capital paranaense.