Piloto do Sudoeste do Estado que foi “criado” nas pistas cascavelenses, Gabriel Casagrande chega à oitava etapa da Stock Car com empolgação extra neste fim de semana, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel.

Ele, que compete na cidade desde os tempos de kart, não teve uma boa impressão do carro no primeiro treino livre, mas tem a certeza de que tudo estará resolvido para o restante da programação.

“O primeiro treino livre foi complicado porque tive problema de câmbio, então não deu para ter real condição que temos aqui, ainda. Vamos ver agora o que dá para fazer. A temperatura neste sábado está um pouco mais baixa, mas por outro lado a pista está um poço mais suja que ontem”, disse Casagrande.

Para compensar as dificuldades encontradas nas primeiras voltas no circuito, o piloto de Pato Branco que é o único da história a ter triunfado nas três categorias da Stock Car (Stock Car, Stock Light e Brasileiro de Marcas), conta com a torcida em Cascavel.

“Essa é a pista mais próxima da minha região. Aqui vêm familiares e amigos. É muito bom ter um autódromo desse calibre perto de casa. Estou bem feliz, bem contente e animado para representar essa torcida e a confiança que estão depositando em min”, disse Gabriel, que só não correu em um prova no Autódromo Zilmar Beuz: “A Cascavel de Ouro, que ainda não tive oportunidade, mas se Deus quiser um dia eu participo”.