H) Billboard Internas (320X50)

COTIDIANO

Câmbio eleva o preço pago ao produtor pelo quilo do mel

01 de dezembro de 2017 às 10:28
Publicidade

Santa Helena – O mercado brasileiro de mel, relacionado ao início da safra 2017/2018, manifesta sinais sutis de elevação de preços, impulsionado, principalmente, pela alta do dólar, segundo o presidente da Coofamel (Cooperativa Agrofamiliar Solidária), Wagner Gazziero. Alguns fatores externos – e típicos de mercado – influenciam a variação da commodity, que chegou a estar abaixo de R$ 9 o quilo.

Com a retomada da alta do câmbio o preço subiu e o quilo do mel está sendo negociado a R$ 9,50, ainda abaixo dos patamares praticados no decorrer do último ano, quando o quilograma do mel chegou a ser vendido a R$ 12,50.

O início da safra, a variação do dólar e a superprodução da Região Nordeste brasileira influenciam o mercado. Wagner Gazziero lembra que o Nordeste ascendeu no cenário nacional como o terceiro maior produtor, com mel tipo exportação.

O presidente da Coofamel chama a atenção dos produtores para manter as negociações com a cooperativa, fonte de assistência técnica, fornecimento de insumos, coleta, entrega de vasilhas e apoio ao desenvolvimento da atividade.

Apesar do cenário de sustentação, o ambiente positivo neste momento é influenciado diretamente pela variação cambial, o que torna o mercado instável, segundo avalia Wagner Gazziero.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

K) Rodapé Internas (728x90) Desktop