A audiência pública sobre o Centro de Cirurgias Programadas do HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná) será realizado nesta quinta-feira (16), às 19h, no plenário da Câmara Municipal de Cascavel.

O objetivo é discutir sobre a possibilidade de transformar o espaço, construído para atender pacientes queimados, em um centro para atendimento de pacientes que aguardam há anos na fila por cirurgia eletiva.

A proposta foi apresentada pelo vereador Edson Souza (MDB) e deve seguir em discussão também com outros órgãos de saúde.

Os diretores do HUOP estarão presentes na audiência pública e irão apresentar também os números da fila. Atualmente, a fila apenas no HUOP conta com 1,5 mil pacientes aguardando cirurgia eletiva, situação que tem preocupado, principalmente durante a pandemia com a suspensão desses procedimentos.

Com a transformação desse espaço, o objetivo é zerar essa fila de espera em Cascavel.